Portugal
Águias bateram duas vezes em casa o Dínamo por 2-0
2019-03-12 09:25:00
Segunda mão joga-se na Luz na quinta-feira

O Benfica venceu por 2-0 as duas receções ao Dinamo Zagreb para as taças europeias de futebol, resultado que serve para assegurar na quinta-feira um lugar nos quartos de final da Liga Europa em futebol.

Depois de sofrer na Croácia o primeiro golo e o primeiro desaire (0-1) face ao Dinamo, o conjunto de Bruno Lage só precisa de repetir o que conseguiu na segunda eliminatória da Taça das Taças de 1980/81 e na fase de grupos da Taça UEFA de 2004/2005.

Em 1980/81, e depois de um empate a zero em Zagreb, o Benfica ganhou na Luz com tentos de Nené, aos 17 minutos, e do brasileiro César, aos 56, seguindo para a segunda eliminatória, na qual ‘viraria’ um 0-1 fora face ao Malmo (2-0 na Luz).

Sob o comando do húngaro Lajos Baroti, o Benfica apresentou-se com Bento na baliza, uma defesa com Frederico, Humberto Coelho, Laranjeira e Pietra, atual adjunto de Lage, um meio-campo com Carlos Manuel, Alves, Shéu e Chalana e um ataque com Nené e César.

Na segunda receção ao Dinamo, em 2004/2005, o Benfica voltou a ganhar por 2-0, desta vez não numa eliminatória, mas na terceira jornada da fase de grupos da Taça UEFA.

O avançado croata Sokota, que os ‘encarnados’ tinham contratado precisamente ao Dinamo, inaugurou o marcador, aos 12 minutos, de cabeça, servido por Simão Sabrosa, que apontou o segundo tento, aos 29, de grande penalidade.

O ‘onze’ escolhido pelo italiano Giovanni Trapattoni foi formado por João Pereira, Luisão, Ricardo Rocha e Fyssas, à frente de Moreira, os médios centrais Petit e Manuel Fernandes e os extremos Geovanni e Simão no apoio a Karadas e Sokota.

O Benfica fechou o Grupo G no segundo lugar, atrás do Estugarda, qualificando-se para os 16 avos de final, enquanto o Dinamo foi quarto e ficou pelo caminho. Foi a época em que os ‘encarnados’ chegaram ao título nacional, após 11 anos de espera.

O conjunto da Luz conta mais um jogo caseiro face a um conjunto croata, o Hajduk Split, que na fase de grupos da ‘Champions’ de 1994/95 venceu por 2-1 - resultado que quinta-feira seria insuficiente para passar -, com tentos de Isaías e João Pinto.

Quanto ao Dínamo Zagreb, só aproveita um de oito resultados conseguidos em solo luso, o triunfo por 2-1 nas Antas, face ao FC Porto, na primeira mão da primeira eliminatória da Taça das Cidades com Feiras da ‘longínqua’ temporada de 1962/63.

Em 1983/84, perdeu, de novo no reduto do FC Porto, por 1-0, por culpa de um golo de Fernando Gomes, aos 86 minutos, resultado que então afastou os jugoslavos – tinham triunfado em casa por 2-1 -, mas que agora levaria a eliminatória para prolongamento.

Nos outros jogos, e além dos dois desaires por 2-0 na Luz, o Dínamo Zagreb perdeu por 2-0 com o Barreirense (1970/71), por 3-0 com o Sporting (1982/83) e mais duas vezes por 3-0 com o FC Porto (1998/99 e 2012/13).

O encontro entre o Benfica e o Dinamo Zagreb, da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa, realiza-se na quinta-feira, pelas 20:00, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa