Portugal
Adrien Silva: "Não acredito num jogo agressivo ou duro no mau sentido"
Mauro
2018-06-29 18:50:00
A antevisão do médio do Leicester City ao Uruguai-Portugal

Titular contra o Irão, Adrien Silva foi o escolhido para a conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre Portugal e Uruguai para os oitavos-de-final do Mundial (sábado, 19h00). O médio de 29 anos assegurou que a Seleção Nacional vai ter o segundo objetivo deste torneio no jogo contra os sul-americanos.

"Portugal tem estado bem, atingiu o seu primeiro objetivo e amanhã terá o segundo, que é vencer os oitavos-de-final. É a segunda vez que vamos jogar em Sochi. É mais um estádio muito interessante e muito bonito de se jogar, com um grande ambiente. Espero um grande jogo de futebol com Portugal a sair vencedor", disse o jogador do Leicester City aos jornalistas, falando depois da preparação lusa e da equipa adversária.

"Acho que temos qualidade individual e principalmente coletiva para resolver o jogo, sabendo que vamos defrontar uma equipa do Uruguai bastante forte. Analisámos bem as suas fraquezas e virtudes, mas, como disse no início, estamos preparados e tenho plena confiança que vamos resolver esta eliminatória da melhor forma", referiu.

Adrien explicou ainda que não está à espera de um jogo especialmente "agressivo ou duro", mas sim num "grande embate" entre duas equipas com jogadores entre os melhores do mundo.

"Não acredito num jogo agressivo ou duro no mau sentido da palavra. Acredito, sim, num grande embate entre duas seleções com dois grandes coletivos. A equipa está preparada para qualquer momento do jogo, quer a defender quer a atacar", considerou, assegurando que Portugal quer ser a primeira equipa a marcar ao Uruguai no Mundial. "Isso demonstra a organização defensiva que [o Uruguai] tem. Acredito e espero que amanhã possamos ser os primeiros a quebrar esse dado."