Portugal
"A minha vontade é continuar. Sinto-me bem aqui e fui bem acolhido na Madeira"
2019-05-04 18:40:00
Marítimo assegurou a manutenção com a vitória sobre o Braga

Assegurada a manutenção na I Liga depois da vitória deste sábado sobre o SC Braga, Petit, técnico do Marítimo reconheceu em conferência de imprensa que ainda não tem o futuro definido, mas que a sua vontade é continuar no Funchal. 

"Como o presidente disse, ainda vamos conversar. Tenho mais um ano de opção. Agora, há que descansar. Este jogo também foi muito desgastante para nós. Vamos conversar e temos tempo para isso, porque é um clube que me acolheu bem e que me está a dar boas condições de crescer como treinador. A minha vontade é de continuar. Sinto-me bem aqui e fui bem acolhido pelas pessoas da Madeira. Os jogadores também têm crescido ao longo das semanas, em termos de equipa e de espírito de sacrifício. Quando cheguei aqui, estávamos numa fase difícil e, passado algum tempo, fizemos 29 pontos", afirmou. 

Sobre o encontro, que o Marítimo venceu por 1-0, Petit reconhece que a expulsão de Getterson dificultou, mas sublinhou a solidariedade e sacrífico dos seus jogadores. 

"Já sabíamos que ia ser um jogo extremamente difícil e, depois, tivemos essas duas contrariedades (Edgar Costa, por lesão, e Getterson, expulso). Um jogo equilibrado na primeira parte, com duas oportunidades para cada lado. Na segunda parte, tivemos de apelar ao espírito de sacrifício, defender bem e fomos muito solidários. Tínhamos falado ao intervalo que, se defendêssemos bem, teríamos uma oportunidade ou outra de sair numa transição, em que podíamos 'matar' o jogo, e foi o que aconteceu", afirmou. 

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa