Portugal
A lógica dos números na história dos clássicos com o FC Porto a mandar
2019-05-16 09:20:00
Dragões e leões defrontam-se no sábado em partida do campeonato

O FC Porto e o Sporting defrontam-se no sábado pela 233.ª vez em jogos oficiais, no fecho da I Liga de futebol 2018/19, numa altura em que histórico é comandado pelos ‘dragões’ por apenas uma vitória.

Em 232 embates, para a I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal, o conjunto portuense soma 83 vitórias, contra 82 dos ‘leões’, registo que não se alterou nos dois primeiros confrontos da presente temporada.

Na primeira volta, em Alvalade, em 12 de janeiro, registou-se uma igualdade a zero, com o ‘onze’ de Marcel Keizer a impedir, então, o FC Porto de bater o recorde nacional de triunfos consecutivos em todos as provas na mesma época.

Os comandados de Sérgio Conceição procuravam o 19.º sucesso consecutivo – e deixar para trás os 18 do Benfica, de Jorge Jesus, em 2010/11 -, mas ‘esbarraram’ nos ‘leões’.

O segundo embate disputou-se 14 dias depois, no Estádio Municipal de Braga e o Sporting impôs-se ao FC Porto, mas apenas no desempate por grandes penalidades (3-1), pelo que, estatisticamente, valeu o empate (1-1) nos 90 minutos.

A formação ‘azul e branca’ adiantou-se já perto do final, aos 79 minutos, pelo suplente brasileiro Fernando Andrade, mas, já nos descontos, aos 90+2, o holandês Bas Dost restabeleceu a igualdade, na transformação de um penálti.

Como a Taça da Liga não contempla prolongamento, o jogo seguiu de imediato para a ‘lotaria’, na qual o Sporting foi o primeiro a falhar, por Coates (por cima), mas, depois, o FC Porto desperdiçou três, por Militão (ao lado), Hernâni (defesa de Renan Ribeiro) e Felipe (à barra).

Ainda assim, os ‘dragões’ seguraram o 83-82 no histórico, que vem do último confronto da época passada, disputado em Alvalade, em 18 de abril de 2018.

No que foi o quinto jogo entre os dois conjuntos em 2017/18, o Sporting venceu por 1-0, após prolongamento, na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, graças a um tento de Coates, aos 84 minutos. Nos penáltis, ganhou por 5-4.

Os ‘azuis e brancos’, que, antes, ganharam dois jogos e empataram os outros dois, lideram na segunda década do século XXI (desde 2010/11), com mais dois triunfos (sete contra cinco) e mais três golos marcados (21 contra 18).

Caso segure a liderança até ao final de 2019/20, o FC Porto baterá o Sporting pela quarta década consecutiva, depois de já ter triunfado nas de 80 (13-5) e 90 (14-5), do século passado, e na primeira do presente (11-10).

No século XXI, os registos são, ainda assim, equilibrados, com 18 vitórias do FC Porto e 15 do Sporting, mais 19 empates, com 55 golos para os ‘dragões’ e 52 para os ‘leões’.

Para a próxima época, estão dois jogos garantidos, para o campeonato, e, na presente, além do embate da 34.ª jornada da I Liga, sábado no Dragão, ainda haverá um confronto na final da Taça de Portugal, em 26 de maio, no Jamor.

O histórico entre os dois emblemas é ligeiramente favorável ao FC Porto, mas já foi dominado de forma vincada pelo Sporting, que, no final da década de 70, tinha mais 19 triunfos do que os ‘dragões’ (56 contra 37).

O FC Porto, entretanto, deu a volta, numa liderança alicerçada nos jogos realizados no seu reduto: em 106 receções aos ‘leões’, os ‘dragões’ ganharam 58 e só perderam 18, ostentando um saldo favorável de 80 golos (186 contra 106).

Os ‘azuis e brancos’ dominam em casa e também nos jogos do campeonato, com mais seis triunfos (65 contra 59), mesmo perdendo nos golos (234 contra 243).

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa