Revista de Imprensa
Uma "bomba" para reforçar o Sporting e... nem parece que há bola
Diogo Cardoso Oliveira
2018-08-10 09:30:00
Isto faz lembrar Miccoli.

Três jornais desportivos, três manchetes e pouco cheirinho a Liga Portuguesa. Nem parece que, hoje, está de regresso o campeonato, depois da paragem e verão. Apenas o jornal "A Bola" dá grande destaque ao regresso da Liga, titulando "sobe o pano". É que, nesta noite, o Benfica recebe o Vitória de Guimarães. A propósito, já leu as onze pistas para este jogo? Vá lá dar um olhinho, que o Sérgio Cavaleiro fê-las com carinho. A talhe de foice, saiba o que Rui Vitória disse sobre Jonas e conheça a estratégia de Luís Castro para este jogo. 

Voltando às manchetes, é algo bizarro não haver mais destaque ao regresso da Liga. Há, no entanto, um destque forte e trasnversal a todos os jornais. Sturaro, médio italiano, será reforço do Sporting. Oi? Sim, leu bem. Se se confirmar - e os rumores parecem consistentes -, será um tremendo reforço para os leões. Intenso, agressivo, forte no passe longo e até com alguma meia distância. Um médio muito completo e que faria uma bela dupla com Battaglia. O problema, para os leões, é que, à partida, será um empréstimo sem opção de compra. Um caso semelhante ao de Miccoli, há uns anos, no Benfica. E o "pequeno bombardeiro" acabou mesmo por ir embora, apesar de tanto o Benfica como o próprio jogador quererem continuar a ligação. Seria bom o Sporting conseguir uma opção de compra a um preço "decente". 

Ainda nos leões, é dito que o Sporting quer Diaby, avançado do Brugge. O Sérgio Cavaleiro apresentou-o, no Bancada. Para fechar o Sporting, fique com tudo o que é de eleições: Bruno de Carvalho quer impugná-las, Madeira Rodrigues defendeu Peseiro e Hugo Viana falou de Geraldes e Palhinha.

Mas vamos à bola. O Bancada esteve no encontro de apresentação da Eleven Sports, que vai trazer relatos inovadores. Na Opinião Bancada, o João Pedro Cordeiro falou da revolução necessária no mercado de transferências. Destaque ainda para dois Hélios. O Pinto e o Roque, que foram dispensados do Benfica e que, agora, voltam a Portugal, para o terceiro escalão. Dê também o olhinho na nossa lista diária. Hoje, destacamos onze "bad boys", pelo aniversário de Roy Keane.

Ainda por cá, atenção ao SC Braga: empatou a um golo na Ucrânia - uma viagem a um sítio difícil, da qual já lhe falámos, no Bancada -, frente ao Zorya, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa. O Bancada esteve de olho neste jogo. Confira ainda os restantes resultados.

Por fim, o FC Porto. Pinto da Costa aproveitou para lançar uma bicada ao Benfica, num dia em que se fala da reconciliação com Marega. Escreve "O Jogo" que o maliano será posto à prova e que, se se mostrar comprometido com a equipa, Conceição lhe abrirá a porta do balneário. Se assim for, será um grande reforço para os dragões. Mas uma coisa é certa: é difícil prever que Marega renda mais do que rendeu em 2017/18. Se é para vender - e parece que sim, pelo feitio problemático -, é agora.

Ena, tanta coisa!

Lá fora, houve fecho do mercado. Em Inglaterra, as equipas não se limitaram a fazer uns retoques. Foram às compras e foram "à grande". Muito dinheiro gasto e muitos negócios de última hora, especialmente para o Everton, de Marco Silva, e para o Fulham. 

Estas serão as que mais lhe interessam:
- André Gomes vai para o Everton, que contratou ainda Bernard e Yerri Mina
- Domingos Quina, português, trocou o West Ham pelo Watford.
- Vietto, apontado ao Sporting, foi para o Fulham, que contratou ainda Anguissa, Fosu-Mensah, Joe Bryan e Sergio Rico.
- Dendoncker é reforço do Wolves, de Nuno Espírito-Santo.

Confira todas as mudanças do último dia.

Sê o primeiro a comentar: