Modalidades
Fernando Alonso apontado à Renault
2020-05-15 13:00:00
Fernando Alonso é apontado como possível substituto de Daniel Ricciardo na Renault em 2021

A equipa francesa já sabe que vai perder o concurso do australiano, que rumará à McLaren na próxima época, ainda que também Sebastian Vettel também já tenha sido equacionado.

O alemão vai ser substituído por Carlos Sainz Jr, que troca a McLaren pela Ferrari, e agora o nome apontado para a equipa de Enstone para companheiro de Esteban Ocon é o de Alonso, que vem de uma experiência do Rali Dakar e de uma passagem bem sucedida no ‘Mundial’ de Resistência, com dois títulos e duas vitórias nas 24 Horas de Le Mans.

Mas um regresso do piloto de Oviedo à Renault dependerá da possibilidade do construtor francês se manter na Fórmula 1, face à atual crise económica provocada pelo covid-19 que também impacta fortemente na indústria automóvel.

O ministro de economia francês, Bruno Le Maire, acionista em 15% do Grupo Renault, anunciou cinco milhões de euros para a indústria. Num tal contexto uma atividade como a F1 poderá ser considerado como frívola, sobretudo em matéria de imagem.

No mês passado Cyril Abiteboul, chefe da equipa de F1 da marca do losango, parecia excluir uma retirada precipitada para um projeto que parecia estabelecido pelo menos até 2022. Mas o passado já mostrou que, por exemplo em 2008, os grandes grupos automóveis não hesitaram em retirar-se da competição automóvel.

Acresce também o facto de Fernando Alonso fazer 40 anos no próximo mês, o que é uma idade pouco usual para a Fórmula 1 atual, ainda que a imagem do espanhol fosse sempre algo positivo para o marketing da Renault, dado o seu palmarés.