Visto da Bancada
Manuel Fernandes (nº 147)
Gomes Ferreira
2017-11-06 11:50:00
Manuel Fernandes, o Madeirense, destaca a vitória sobre o Benfica na última época no dia da inauguração do novo estádio

A vitória do Marítimo sobre o Benfica por 2-1 a época passada, naquela que foi a primeira derrota das águias no campeonato, num dia que também ficou para a história com a inauguração do novo estádio do clube maritimista, é o jogo que Manuel Fernandes, “o Madeirense”, destaca, por várias razões.

Pela alegria do triunfo que teve em Ghazaryan, aos cinco minutos, e Maurício, aos 69 minutos, os obreiros da conquista do Marítimo (Gonçalo Guedes ainda empatou aos 27’), mas também porque essa noite terminou com um pequenio susto com uma ida ao hospital.

“O  camarote, que tenho no estádio, estava cheio e vivemos com muita intensidade o jogo. O Marítimo fez uma bela exibição e no final estávamos todos superfelizes. A minha mulher entusiasmou-se com a vitória e começou a dançar o hino do Marítimo de tal maneira que começou a sentir-se mal, não conseguia respirar e teve de ser transportada para o hospital pela própria ambulância do jogo”, recorda Manuel Fernandes.

O conhecido adepto madeirense, dirigente do clube e embaixador do emblema verde-rubro no Continente, diz-se orgulhoso da campanha que o Marítimo está a realizar no corrente campeonato. “Estamos há um ano sem perder na Madeira”, regozija-se, deixando elogios ao atual treinador do clube, Daniel Ramos. "Está a realziar um excelente trabalho".

Sê o primeiro a comentar: