Visto da Bancada
Luís Miguel (nº 276)
Gomes Ferreira
2018-04-25 13:40:00
Antigo campeão do mundo de sub-20 recorda o dia em que o FC Porto quebrou o jejum de 19 anos sem vencer o campeonato

Luís Miguel fez parte da colheita de jogadores que conquistaram o mundial de sub-20 realizado em Portugal, em 1991. O atual treinador do Lusitânia de Lourosa, equipa que lidera o Campeonato Safina, da AF Aveiro, puxou da memória e elegeu um FC Porto-SC Braga de 1978 como um dos jogos mais marcantes da sua vida, na condição de espetador. 

Nesse ano, o FC Porto colocava um ponto final num ciclo de 19 anos sem vencer o campeonato nacional, sagrando-se finalmente campeão. Com José Maria Pedroto como treinador, os dragões golearam o SC Braga na última jornada por 4-0, numa altura em que Pinto da Costa era já o chefe do departamento de futebol do clube. O título e a festa, contudo, tinham já sido comemorados na 28.ª e antepenúltima ronda, após um empate a um golo com o Benfica. Mas Luís  Miguel recorda o último jogo, o da consagração. 

"Tinha sete anos e o meu pai, que é benfiquista, eu sou portista, levou-me ao antigo estádio das Antas, proporcionando-me a oportunidade de ver o FC Porto consagrar-se campeão. Foi um momento inesquecível que guardo nas minhas memórias. O FC Porto ganhou 4-0", conta-nos Luís Miguel que recorda um episódio caricato: "O estádio estava a abarrotar e vi o jogo às cavalitas do meu pai. Estava um calor insuportável e como não havia água por ali, bebi champanhe durante o jogo, para molhar os lábios. Sim, porque naquele tempo as pessoas levavam a marmita para dentro do campo". 

Luís Miguel conta-nos ainda que quando mais tarde foi jogar para o FC Porto (de 1986 a 1990 nas camadas jovens) deu-se a concidência de que no antigo pavilhão do clube, as paredes do bar estavam forradas com fotos desse jogo. "Também por isso nunca mais me esqueci desse dia em que vi o FC Porto ser campeão". 

Sê o primeiro a comentar: