Visto da Bancada
David Caiado (nº 282)
Luís Santos Castelo
2018-05-18 12:30:00
Uma exibição memorável de Cristiano Ronaldo com a camisola do Sporting ficou na cabeça do jogador

O melhor jogo que David Caiado antigo jogador do Sporting, Estoril Praia, Trofense ou Vitória de Guimarães, já viu ao vivo na condição de adepto aconteceu, precisamente, na inauguração do novo Estádio José Alvalade. A 6 de agosto de 2003, os leões receberam e bateram o Manchester United de Barthez, Ferdinand, Scholes, Phil Neville ou Ruud van Nistelrooy por 3-1. Luís Filipe e João Vieira Pinto (dois) apontaram os golos leoninos.

"Fica-me marcado o Sporting-Manchester United por um conjunto de fatores. Foi ‘aquele’ jogo do [Cristiano] Ronaldo. O Ronaldo, na altura, era visto como um Deus na formação do Sporting. Todos queríamos seguir o caminho dele. Na inauguração do estádio conseguir aquela performance fica-nos na memória. Salvo erro tinha 15 anos e marcou-me profundamente pelo jogo e pelo Ronaldo", disse David Caiado ao Bancada.

Para Caiado, que, na altura, jogava nas camadas jovens do Sporting, o mais marcante foi ver que Cristiano Ronaldo, um jogador que fez o percurso que muitos outros fizeram na formação, conquistou o relvado de um estádio novo contra uma das melhores equipas do mundo. "Foi uma festa muito bonita, mas foi o Ronaldo que fez um jogo fantástico. Não foi por isso que ele foi para o Manchester United, porque ele já era jogador para isso. Para mim, o importante foi a mensagem que ele passou de que um jogador da formação – como eu era – pode chegar a Alvalade e fazer aquilo".

Sê o primeiro a comentar: