Grande Futebol
Tottenham entra na história por não contratar e Pochettino explica com coragem
Sérgio Cavaleiro
2018-08-10 11:00:00
O clube londrino tornou-se o primeiro a não contratar durante o defeso desde que existem as janelas de transferência

O Tottenham tornou-se, esta quinta-feira, o primeiro clube da Premier League a não contratar qualquer jogador na janela de transferências de verão desde que foi criada em 2003. Os Spurs começam o campeonato no próximo sábado, frente ao Newcastle, e o treinador dos londrinos, Mauricio Pochettino, garante que a decisão de não recrutar nenhum jogador foi pensada pelo clube: "Foi um decisão de coragem", disse em entrevista ao "Guardian".

"Eu estou feliz em manter toda a equipa junta", disse o treinador argentino. "O clube fez um esforço enorme para renovar os contratos de alguns jogadores, por exemplo com o Harry Kane. Além disso o clube está a esforçar-se imenso para terminar a construção do estádio o mais depressa possível. Tem sido um grande esforço por parte do clube.

"À vezes, no futebol, tens de te comportar de forma diferente dos demais. Se estamos contentes com o plantel e não o podemos melhorar, por vezes é melhor manter a equipa coesa. Agora temos jogadores que competiram ao mais alto nível no Mundial, agora temos um capitão que foi Campeão do Mundo (Lloris), agora temos o jogador que ganhou a Bota de Ouro. tenho a certeza de que vamos ser melhores a partir de agora.

Mauricio Pochettino explicou ainda que já havia pedido à direção para tomar uma decisão corajosa durante o verão, e o que todos interpretaram como um pedido para serem abertos os cordões à bolsa era, afinal, o contrário.

"Talvez todo mundo se esteja a questionar porque é que o Tottenham não contratou nenhum jogador. Mas contratar apenas por contratar?

"Temos de respeitar todas as opiniões, mas é claro, nós, como clube, decidimos que não íamos contratar, mesmo que seja moda contratar e nos tenhamos tornado o único clube da Europa a não contratar qualquer jogador.

"Talvez pareça mal pelo que possa dar a entender e porque a história do futebol não está habituada a isto, mas foi a nossa decisão - manter os melhores jogadores e toda a equipa. É uma decisão de coragem."

Foi desta forma que o treinador do Tottenham explicou o facto de um dos clubes que mais gasta dinheiro, em contratações, no último dia do mercado, ter ficado em branco. Aliás, Daniel Levy, o Presidente do Conselho de Administração do Tottenham, é conhecido pelo seu voraz apetite por contratações em cima do fecho da janela de transferências.

Sê o primeiro a comentar: