Grande Futebol
SC Braga deixa fugir vitória diante do Slovan Bratislava
2019-10-03 20:25:00
Empate a dois golos interrompe caminhada vitoriosa na Liga Europa

Um golo na própria baliza de Bruno Viana, aos 87 minutos, contribuiu decisivamente para o empate entre Sporting de Braga e Slovan Bratislava, 2-2, na segunda jornada do grupo K da Liga Europa de futebol.

O central brasileiro até começou a partida da melhor maneira ao marcar o primeiro golo (31 minutos), num bom cabeceamento após livre de André Horta, mas depois ‘borrou a pintura', com um penálti que Sporar converteu à segunda e no autogolo perto do final que voltou a igualar ao jogo.

Antes, Galeno tinha feito, com um grande golo, o 2-1 para os bracarenses, que, quando pareciam ter o jogo controlado, até porque o Slovan foi praticamente inofensivo na segunda parte e a equipa de Ricardo Sá Pinto ‘cheirou' o terceiro golo, surgiu a tal segunda ‘traição' de Bruno Viana.

O empate interrompe a série europeia 100% vitoriosa desta temporada e impede os ‘arsenalistas' de se isolarem na liderança do grupo. Ficam com os mesmos quatro pontos do Slovan e mais um do que o Wolverhampton (1-0 ao Besiktas, na Turquia).

Sá Pinto, que mexeu duas ‘peças' em relação à equipa que começou o jogo do campeonato com o Portimonense, no domingo (vitória por 1-0), promovendo a titularidade de Eduardo e Fransérgio, viu o Slovan Bratislava entrar melhor na partida e criar dois lances de muito perigo, ambos por Holman (04 e 13 minutos).

O Sporting de Braga respondeu com um remate perigoso de Palhinha, já bem dentro da área (10 minutos), e com um bom lance pela esquerda com centro de André Horta e cabeceamento ao lado de Paulinho (24).

O Braga estava agora por cima do jogo e, aos 31 minutos, inaugurou o marcador, com Bruno Viana a saltar mais do que todos os adversários após um livre cobrado por André Horta.

Mas mesmo em cima do intervalo (45+4 minutos), o Slovan Bratislava chegou ao empate, na sequência de uma grande penalidade, por falta de Bruno Viana sobre Sporar. O mesmo jogador marcou, mas só à segunda, porque Eduardo defendeu o primeiro remate do ‘capitão' dos eslovacos.

Após o reatamento, o Sporting de Braga encostou o Slovan Bratislava ao seu último reduto e, num desses lances, Galeno surgiu descaído sobre a esquerda, à entrada da área, e desferiu um potente remate cruzado, fazendo um grande golo e colocando os minhotos em vantagem (63 minutos).

Os treinadores mexeram nas equipas e foi sempre o Braga a estar muito mais perto do terceiro do que o Slovan de empatar, mas após uma fuga pela direita, Bruno Viana quis intercetar o centro que Sporar se preparava para desviar e sentenciou o resultado final, aos 87 minutos.

Jogo no Estádio Municipal de Braga.

Sporting de Braga - Slovan Bratislava, 2-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Bruno Viana, 31 minutos.

1-1, Sporar, 45+4.

2-1, Galeno, 63.

2-2, Bruno Viana, 87 (própria baliza).

Equipas:

- Sporting de Braga: Eduardo, Esgaio, Bruno Viana, Pablo, Sequeira, Palhinha, André Horta (João Novais, 70), Fransérgio (Rui Fonte, 88), Ricardo Horta (Trincão, 70), Galeno e Paulinho.

(Suplentes: Matheus, Diogo Viana, Claudemir, João Novais, Trincão, Rui Fonte e Hassan).

Treinador: Ricardo Sá Pinto.

- Slovan Bratislava: Dominik Greif, Jurij Medvedev, Myenty Abena, Vernon De Marco, Artem Sukhotskiy (Erik Daniel, 80), Joeri de Kamps (Marin Ljubicic, 68), Kenan Bajric, Rabiu Ibrahim, David Holman (Dejan Drazic, 68), Mohammed Rharsalla e Andraz Sporar.

(Suplentes: Michal Sulla, Martin Trnovsky, Marin Ljubicic, Dejan Drazic, Erik Daniel, Rafael Ratão e Nono).

Treinador: Ján Kozák.

Árbitro: Adrien Jaccottet (Suíça).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno Viana (07), Joeri de Kamps (44), Artem Sukhotskiy (48), Mohammed Rharsalla (65), Paulinho (86) e Rabiu Ibrahim (89).

Assistência: 8.875 espetadores.