Grande Futebol
Rúben Neves ia fazendo uma coisa linda. Foi quase...
2018-07-28 16:55:00
Diogo Jota corrigiu e marcou.

Rúben Neves, internacional português, ficou muito perto de marcar aquele que seria, provavelmente, o melhor golo da carreira. O Wolves, de Nuno Espírito Santo, perdeu frente ao Derby County, por 2-1, mas dois portugueses estiveram em destaque. 

Primeiro, Rúben Neves disparou um remate que bateu na barra e poderia ter sido o tal golo da carreira. Na recarga a esse remate, Diogo Jota fez o golo para o Wolves. 

Nota ainda para a estreia de João Moutinho com a camisola do Wolves e para a entrada de Raúl Jiménez na segunda parte.

Onze do Wolves: Rui Patrício; Saiss, Coady, Boly; Doherty, Neves, Moutinho, Otto; Hélder Costa, Diogo Jota e Bonatini.