Grande Futebol
Ronaldo faz 33 anos. O que faziam os outros melhores do mundo com esta idade?
2018-02-05 11:00:00
O craque português apresenta-se a um nível mais alto que os anteriores galardoados

Parece que foi ontem que Cristiano Ronaldo começou a dar nas vistas na Liga Portuguesa, ao serviço do Sporting, e que se transferiu para o Manchester United de Alex Ferguson. A partir daí, a história é bem conhecida. Ainda assim, já se passaram quase 15 anos desde essa viagem para Inglaterra e, esta segunda-feira, o camisola 7 do Real Madrid completa 33 anos.

Em 2008, foi eleito o Melhor Jogador do Mundo da FIFA pela primeira vez. O Bancada quis saber o que andavam a fazer os cinco anteriores jogadores que receberam esse galardão no ano em que completaram 33 anos e a conclusão é só uma: desses cinco, apenas dois jogavam ao mais alto nível com 33 anos, tal como Cristiano Ronaldo. E nenhum deles tinha a importância do português na equipa. Ora veja.

Kaká

O último Melhor do Mundo antes do domínio Cristiano Ronaldo/Messi. Em 2007, para a FIFA, ninguém jogou melhor que Ricardo 'Kaká' Leite em toda a Terra. Nessa altura, o brasileiro era uma das principais figuras do Milan, clube onde venceu, entre vários títulos, a Liga dos Campeões.

Com 33 anos, contudo, Kaká já tinha deixado o topo do futebol mundial e até já tinha saído da Europa. Estávamos em 2015 quando era o maior craque do Orlando City, clube da Liga Norte-Americana onde jogou até 2017, a última temporada da carreira.

Numa carreira recheada de conquistas, Kaká jogou no São Paulo FC e no Real Madrid para além dos já referidos Milan e Orlando City.

Fabio Cannavaro

Com 33 anos, o italiano conquistou precisamente o galardão de Melhor Jogador do Mundo referente ao ano de 2006. Nesse ano civil, Cannavaro representou a Juventus e o Real Madrid e capitaneou a Seleção Italiana na conquista do Campeonato do Mundo realizado na Alemanha.

O último defesa a receber o prémio de melhor futebolista do planeta atingiu o pico da carreira com a idade que Cristiano Ronaldo atinge esta segunda-feira, ultrapassando barreiras e dando verdadeiro uso à expressão "velhos são os trapos".

Para além da Juventus e do Real Madrid, Cannavaro jogou no SSC Nápoles, Parma FC, Inter Milão e no Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, onde terminou a carreira em 2010/11.

Ronaldinho

O mágico brasileiro foi eleito o Melhor do Mundo em 2004 e 2005, quando jogava no FC Barcelona. Tinha 24 e 25 anos, respetivamente, e, aos 33, já tinha deixado o topo do futebol mundial. Era jogador do Atlético Mineiro, no seu país natal, e ao contrário de Cannavaro, já não se apresentava ao melhor nível quando chegou a essa idade.

Ronaldinho formou-se no Grêmio de Porto Alegre e chegou à Europa por intermédio do Paris Saint-Germain. Mudou-se para Barcelona em 2003, de onde saiu em 2008 para vestir a camisola do Milan. Voltou ao Brasil em 2011, para o Flamengo, e jogou ainda pelo Atlético Mineiro e pelo Fluminense. Entre estes dois emblemas, foi jogador do Querétaro, do México.

Zinedine Zidane

O atual treinador do Real Madrid já havia conquistado o prémio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA em 1998 e 2000 e repetiu a proeza em 2003. Estava no mesmo clube que representa hoje, mas era jogador.

Aos 33 anos, Zidane ainda estava no Real Madrid e ia jogando pelas últimas vezes na brilhante carreira que terminou em 2006, depois da famosa expulsão na final do Mundial.

Antes, havia jogado no AS Cannes, no Girondins Bordéus e na Juventus. No palmarés interminável destacam-se as conquistas do Mundial (1998), do Europeu (2000), da Liga dos Campeões (2001/02), das duas Taças Intercontinentais (1996 e 2002) e dos vários troféus domésticos em Espanha e Itália.

Ronaldo

Um dos maiores goleadores da história do futebol, Ronaldo também repetiu a distinção de Melhor Jogador do Mundo, dado que a FIFA já o havia premiado em 1996 e 1997. Em 2002, ano em que vestiu as camisolas de Inter Milão e Real Madrid, voltou a levantar o troféu.

Contudo, o nível estava muito longe de ser o mesmo aos 33 anos. Nessa altura, em 2009, Ronaldo já tinha voltado ao Brasil para jogar pelo Corinthians. Ainda marcou mais de 20 golos nesse ano, mas a forma era muito diferente da que havia apresentado noutros lados.

Ronaldo jogou em vários clubes durante a longa carreira. Foram eles o Cruzeiro, o PSV Eindhoven, o FC Barcelona, o Inter Milão, o Real Madrid, o Milan e o Corinthians.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa