Grande Futebol
Roma perde dérbi com Lázio antes de visitar Dragão
2019-03-02 21:55:00
Roma parou para ver o dérbi da cidade Eterna

A Lázio derrotou a Roma, equipa que defronta o FC Porto na próxima semana em jogo da Liga dos Campeões. Neste sábado, a Lázio venceu por 3-0 no dérbi romano.

Em partida a contar para a jornada 26 da Liga italiana, Felipe Caicedo abriu o marcador, aos 12 minutos, enquanto que Ciro Immobile (de penálti) ampliou de penálti e Danilo Cataldi fez o 3-0 final perto dos 90.

Os portugueses Bruno Jordão e Pedro Neto não foram utilizados na Lázio, que tem agora três pontos de desvantagem para o eterno rival. A Lázio tem 41, mas menos um jogo realizado, enquanto que a Roma tem 44.

Recorde-se que a Roma visita o Estádio do Dragão na próxima semana, em partida da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. Os romanos venceram por 2-1 na primeira mão.

Ainda na Liga italiana, mais cedo, neste sábado, jogou Bruno Alves que marcou no empate 3-3 do Parma na visita ao Empoli.

O central português assinou o seu terceiro golo no presente campeonato, aos 82 minutos, pouco depois de lhe ter sido anulado um tento, dando na altura a vantagem à sua equipa, que viria a conceder o empate, já nos descontos, aos 90+1, com um golo do argentino Matias Silvestre.

O Parma esteve sempre na dianteira do marcador, com um golo do costa-marfinense Gervinho, aos 13, e de Rigoni, aos 45+1, este último após assistência de Bruno Alves, mas os anfitriões empataram sempre, por Dell’Orco, aos 18, e Caputo, aos 59, na conversão de uma grande penalidade.

Com este empate, o Parma ficou provisoriamente no 12.º lugar, com 30 pontos, enquanto o Empoli segue no 17.º posto, com 22, mais quatro do que o Bolonha, primeira equipa na zona de despromoção.

Também hoje, o Milan defendeu o seu terceiro lugar na prova (com 48 pontos, mais um que o Inter), ao ganhar por 1-0 ao Sassuolo.

Um autogolo do espanhol Pol Lirola fez o resultado, aos 35 minutos. Mesmo em vantagem numérica, por expulsão do guarda-redes Consigli, aos 64, os milaneses não conseguiram dilatar a vantagem.

No domingo, a Juventus, de Cristiano Ronaldo e Cancelo, líder do campeonato, com 69 pontos, visita o Nápoles, segundo classificado, com 56.

Sê o primeiro a comentar: