Grande Futebol
Roma acusa Totti de apontar "factos imaginados e muito longe da realidade"
2019-06-17 19:50:00
Emblema italiano emitiu comunicado

Depois de Francesco Totti ter comunicado, esta manhã, o fim da ligação de 30 anos à Roma, alegando que o clube não o respeitava enquanto diretor desportivo, o emblema italiano reague, em comunicado, acusando o ex-jogador de apontar "factos imaginados e muito longe da realidade". 

"A Roma está extremamente desapontada após a saída de Francesco Totti do clube. Propusemos-lhe o papel de diretor técnico após a saída de Monchi, e ainda aguardávamos uma resposta", começa por referir o clube. 

"Estávamos preparados para ser pacientes com o Francesco e ajudá-lo a passar de um grande jogador para um grande dirigente. (...) Apesar de compreendermos que foi complicado para ele abandonar a Roma após 30 anos, não podemos deixar de apontar uma escolha de factos imaginados e muito longe da realidade", acrescentam. 

Segundo a comunicação social italiana, a decisão de Totti, de 42 anos, terá sido precipitada pela contratação do técnico português Paulo Fonseca, formalizada na semana passada.

De acordo com a mesma fonte, Francesco Totti preferia ver no banco da Roma o treinador italiano Gennaro Gattuso, antigo colega de seleção.

A demissão de Totti coloca fim a uma relação de 30 anos com o clube, no qual foi formado e que representou durante 25 épocas como jogador.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa