Grande Futebol
“Recebi milhões de mensagens. E ninguém se lembra dos wolves”, diz Klopp
2019-05-10 16:25:00
Treinador do Liverpool multiplica elogios à equipa de Nuno Espírito Santo, próximo adversário na Premier League

Dias depois de derrotar o Barcelona por 4-0,na Liga dos Campeões, numa reviravolta épica que anulou a derrota em Camp Nou, o Liverpool defrontará o Wolverhampton, a equipa mais portuguesa de Inglaterra.

A semana foi extraordinária para os ‘reds’, mas Jürgen Klopp não se esquece de que há um ‘osso duro de roer’, na 38.ª jornada da Premier League. E na conferência de imprensa de antevisão desse encontro, nesta sexta-feira, fez questão de o salientar.

“Recebi milhões de mensagens. Só me dizem ‘inacreditável’, ‘que jogaço!’, ‘boa sorte na final’, ‘como conseguiram?’… E ninguém fala sobre o próximo fim de semana. Nós vamos jogar com os wolves! E estamos concentrados nesse jogo”, salientou Klopp.

“A nossa vitória [diante do Barcelona] foi um dos grandes feitos, não apenas do Liverpool, mas da história do futebol. Com toda a certeza. Mas… E os wolves?”, repetiu.

“Eles querem mostrar que não são apenas ‘passageiros’ neste campeonato. Querem mostrar que são uma grande equipa. E são! Eu respeito esse facto. Por isso, temos de estar prontos”, disse ainda o treinador do Liverpool, que também teceu duras críticas à UEFA.

Para o técnico alemão, o Wolverhampton está recheado de “talento”. “Têm o Moutinho e o Rúben Neves no meio-campo, e jogue quem jogr com eles é só qualidade. Criaram um sistema de jogo onde cabem todos eles. Tem um sentido coletivo notável, um plano de jogo muito bom. Tudo isto faz deles um adversário extremamente difícil”, insistiu Klopp.

Os ‘reds’ estão a um ponto do líder Manchester City e recebem a equipa de Nuno Espírito Santo, no próximo domingo, no regresso a Anfield Road, onde fizeram história.

Na ponta final do campeonato, Liverpool e City estão proibidos de perder pontos. A formação de Pep Guardiola desloca-se ao reduto do Brighton & Hove Albion, 17.º classificado.

Sê o primeiro a comentar: