Grande Futebol
Reação tardia do Vitória vale primeiro ponto na Liga Europa
2019-11-06 18:25:00
Empate com o Arsenal em Guimarães

Um golo de Bruno Duarte ao minuto 90+1 permitiu hoje ao Vitória de Guimarães empatar com o Arsenal (1-1), num jogo do grupo F da Liga Europa em que poderia ter operado a reviravolta no final.

Superiores na primeira parte, com cinco ocasiões de golo desperdiçadas, os vimaranenses perderam ‘gás' no segundo tempo e viram-se a perder aos 81 minutos, após golo de Mustafi, mas ainda tiveram tempo para empatar, num pontapé acrobático do avançado brasileiro, e para desperdiçarem duas ocasiões para o segundo.

Os portugueses continuam invictos em casa contra formações inglesas e somaram o primeiro ponto ao fim de quatro jornadas, mas seguem no quarto e último posto do grupo, podendo ser eliminados da competição já na quinta-feira, caso o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, vença o Standard de Liège, na Bélgica, enquanto o clube de Londres permanece líder, com 10 pontos.

Com quatro alterações face ao ‘onze' do triunfo sobre o Vitória em Londres (3-2) e um novo sistema tático (3x4x3), a formação inglesa quis impor-se aos portugueses na fase inicial do desafio e quase inaugurou o marcador aos três minutos, num desvio de Martinelli, após cruzamento de Nicolas Pépé.

A turma de Ivo Vieira ‘despertou', porém, com um potente remate de Pepê ao poste, de fora da área, ao minuto oito, e, desde então, não só equilibrou a contenda, como passou a ser equipa mais perigosa sobre o relvado até ao intervalo.

Sem se expor demasiado aos possíveis contra-ataques da equipa treinada por Unai Emery, o conjunto vitoriano atirou à baliza sempre que dispôs de espaço, com Lucas Evangelista a obrigar Emiliano Martínez a defesa difícil, aos 11 minutos, Davidson a atirar a milímetros do poste, aos 26, e Tapsoba e Venâncio a falharem cabeceamentos completamente soltos, aos 19 e 30.

O Arsenal, pelo meio, aos 23 minutos, ameaçou o golo, num cabeceamento de Holding por cima, mas terminou a primeira metade com apenas dois remates, contra 10 dos portugueses, e só começou a ‘empurrar' o jogo para o meio-campo vitoriano na segunda parte, após a entrada do médio francês Guendouzi, aos 54.

Sujeitos a uma maior pressão dos ‘gunners', os vimaranenses começaram a falhar mais passes e a recuar no terreno, mas mantiveram-se suficientemente organizados para negarem ao adversário a criação de oportunidades de golo até ao minuto 63, quando Mustafi cabeceou por cima após canto.

O central alemão não falhou, porém, quando dispôs de nova oportunidade na sequência de uma bola parada: o central alemão apareceu solto ao segundo poste, após livre de Pepe na esquerda, e cabeceou de cima para baixo, sem hipótese para Douglas.

A reação vitoriana demorou, mas surgiu aos 89 minutos, num remate por cima de Léo Bonatini, e assegurou o empate pouco depois, com Bruno Duarte a concluir com um pontapé acrobático, depois de Marcus Edwards cruzar e de Rochinha amortecer.

O golo motivou os pupilos de Ivo Vieira, que ainda falharam dois lances para a reviravolta: uma bola cortada por Mustafi, que rasou o poste, e um remate de Rochinha que também passou a milímetros da baliza.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória de Guimarães - Arsenal, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Mustafi, 81 minutos.

1-1, Bruno Duarte, 90+1.

Equipas:

- Vitória de Guimarães: Douglas, Víctor Garcia, Tapsoba, Venâncio, Rafa Soares, Lucas Evangelista (Bonatini, 82), Agu, Pêpê (Florent, 62), Edwards, Bruno Duarte e Davidson (Rochinha, 68).

(Suplentes: Miguel Silva, Bonatini, Rochinha, Al Musrati, André Pereira, Poha e Florent).

Treinador: Ivo Vieira.

- Arsenal: Martínez, Mustafi, Sokratis, Holding, Maitland-Niles, Ceballos (Guendouzi, 54), Willock (Lucas Torreira, 77), Tierney, Pépé, Martinelli e Saca (Lacazette, 65).

(Suplentes: Leno, Bellerín, Lacazette, Lucas Torreira, Nelson, Guendouzi e Kolasinac).

Treinador: Unai Emery.

Árbitro: Halis Ozkahya (Turquia).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mustafi (18), Rafa Soares (33) e Holding (66).

Assistência: 17.822 espetadores.