Grande Futebol
'Póquer’ de Ronaldo coloca Portugal mais perto do apuramento
2019-09-10 22:35:00
Campeões europeus derrotam Lituânia com goleada

Portugal reforçou hoje o segundo lugar do Grupo B e ficou mais perto do apuramento direto para o Euro2020 de futebol, após golear na Lituânia, por 5-1, com mais uma noite memorável de Ronaldo, que assinou um ‘póquer'.

No LFF stadionas, em Vilnius, naquele que foi o primeiro jogo oficial de sempre entre as duas seleções, o avançado marcou aos sete minutos, de grande penalidade, 62, 65 e 76, e resolveu a partida para a formação lusa, que chegou com surpresa ao intervalo empatada, devido a um tento do defesa Andriuskevicius, aos 28.

Já nos descontos, aos 90+2 minutos, William Carvalho fechou a contagem, numa altura em que o encontro já estava praticamente em ‘modo treino'.

Ronaldo, que alcançou os 93 golos com a camisola das ‘quinas', foi a ‘estrela' da partida, mas Portugal bem pode agradecer ao guarda-redes Setkus, que protagonizou um ‘frango' monumental no segundo golo de Portugal, que acabou por desbloquear a partida.

Este resultado reforça o segundo lugar dos campeões europeus no Grupo B, quando faltam apenas três jogos: dois com o Luxemburgo e um com a Ucrânia, em Kiev. Portugal passou a somar oito pontos, menos cinco do que os ucranianos, que lideram com mais um encontro disputado, e mais um do que a Sérvia, terceira, igualmente com mais uma partida.

No sintético LFF stadionas, a seleção nacional marcou cinco, mas criou oportunidade para poder chegar à dezena e alcançar um resultado histórico. Só João Félix, por exemplo, esbanjou quatro oportunidades claras para marcar e assinar o seu primeiro tento por Portugal.

O avançado do Atlético Madrid foi uma das novidades do ‘onze' português, assim como Ruben Neves, com Fernando Santos a deixar Danilo e Gonçalo Guedes de fora, apesar do jogador do Valência ter sido ter determinante nos últimos dois jogos.

O encontro praticamente começou com Portugal a chegar ao golo, aos sete minutos, com Cristiano Ronaldo a converter uma grande penalidade, depois de mão na bola de um defesa lituano, início que prometia embalar Portugal para uma exibição tranquila.

Mas, tal como aconteceu no sábado, na Sérvia, a seleção nacional acabou por relaxar demasiado e, mesmo tendo mais bola, acabou por permitir o empate da equipa da casa.

Depois de Ronaldo ter falhado oportunidade para chegar ao segundo, a Lituânia reentrou na partida através do ponto forte: as bolas paradas.

Aos 28 minutos, na marcação de um canto, Andriuskevicius ganhou nas alturas o duelo a Félix (o lituano é bem mais alto que português) e cabeceou com sucesso, com a bola ainda a tocar no poste direito de Rui Patrício.

Portugal ‘sentiu' o tento sofrido e até ao intervalo mostrou-se algo ansioso, sobretudo William Carvalho, que foi colecionado passes falhados e bola perdidas a meio campo.

Nesta altura, entrou João Félix em cena. Demasiado amarrado ao lado esquerdo, o avançado começou a aparecer mais no meio e ficou perto de marcar por duas vezes, com o guarda-redes, em ambos os lances, a impedir nova vantagem portuguesa.

Com o apito do árbitro para o intervalo, os cerca de cinco mil adeptos lituanos festejaram como se o encontro estivesse acabado, tal a surpresa do resultado.

Na segunda parte, Fernando Santos cedo lançou Rafa para o lugar de Bruno Fernandes, mas o festival de golos falhados continuou, com João Félix e Bernardo Silva como protagonistas.

O minuto 62 foi determinante no destino do encontro, com o guarda-redes Setkus a desbloquear a igualdade, com um lance de grande infelicidade. Ronaldo atirou frouxo, de fora da área, mas o guarda-redes enrolou-se no chão com a bola, que depois de bater na sua cabeça, foi para dentro das redes.

Pouco depois, aos 65 minutos, novamente Ronaldo, que respondeu com sucesso a um passe de Bernardo Silva, e um encontro que parecia começar a ficar complicado para Portugal estava subitamente resolvido.

Depois de nova tentativa falhada de Félix, Ronaldo fechou o ‘livro', outra vez com assistência de Bernardo Silva, aos 76 minutos, aparecendo com rapidez na pequena área. Acabando pouco depois por dar lugar a Gonçalo Guedes, para a merecia ovação.

Já com todos à espera do apito final, William Carvalho aproveitou um lance confuso na área lituana e fez o quinto, aos 90+2 minutos.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa