Grande Futebol
Pedro Martins acredita que Podence poder ser "muito útil" à seleção
2019-09-06 14:00:00
"Traz irreverência, é forte no um para um, e cresceu imenso a jogar em espaços interiores", refere o técnico

O treinador português Pedro Martins, que comanda o Olympiacos, afirmou hoje que o extremo Daniel Podence está num “grande momento” e pode dar soluções diferentes à seleção portuguesa.

“O Daniel ainda não atingiu o nível do ano passado, mas pode ser muito útil à seleção. Traz irreverência, é forte no um para um, e cresceu imenso a jogar em espaços interiores, sem deixar de ser um desequilibrador no corredor”, resumiu o técnico do Olympiacos, à margem da sua passagem pela Soccerex, em Oeiras.

Quanto ao guarda-redes José Sá, também entre os convocados de Fernando Santos para as partidas na Sérvia e Lituânia, o treinador afirmou que “está preparado para este nível” e que fez recentemente “jogos extraordinários”, lembrando ainda que Ro central Rúben Sendo, o outro português dos gregos, pode também em breve juntar-se a Cristiano Ronaldo e companhia.

“O Rúben está bem, está a trabalhar muito, e devemos falar do profissional e do homem. É um homem de bem e está a fazer um grande trabalho”, frisou Pedro Martins.

Sobre as dificuldades sentidas por Portugal na fase inicial de apuramento para o Euro2020, o técnico do Olympiacos lembrou o passado recente e a competência da estrutura portuguesa, considerando que, “com maior ou menor dificuldade”, Portugal vai “conseguir os objetivos”.

Portugal defronta a Sérvia, em Belgrado, no sábado, e viaja, depois, até à Lituânia, onde joga na terça-feira, em dois jogos que poderão ser determinantes na luta pelo apuramento direto para o próximo Europeu.

No arranque do apuramento, a formação portuguesa somou dois empates caseiros, com Ucrânia (0-0) e Sérvia (1-1).

A seleção lusa, detentora do título europeu, segue no quarto e penúltimo lugar do Grupo B, com apenas dois pontos, embora tenha menos dois jogos do que a Ucrânia, que lidera com 10, e que o Luxemburgo, segundo, com quatro.

Com mais um jogo do que Portugal, a Sérvia é terceira classificada, também com quatro pontos, enquanto a Lituânia segue em último, com apenas um ponto.