Grande Futebol
Os números não enganam: David de Gea tem defendido muito pouco
2018-08-20 11:00:00
O espanhol não estado ao nível que habituou os adeptos nos últimos meses

Considerado de forma praticamente unânime um dos melhores guarda-redes do planeta, David de Gea não está a atravessar a melhor fase da sua carreira. Longe disso: o jogador do Manchester United permitiu que dez dos últimos 15 remates à baliza que lhe fizeram em jogos oficiais resultassem em golo. Números muito pouco comuns para David de Gea e que começaram na Rússia, ao serviço da seleção de Espanha, com Cristiano Ronaldo como principal culpado.

No Portugal-Espanha (3-3) de abertura do Grupo B do Mundial, o jogador da Juventus apontou os três golos lusitanos naqueles que foram os únicos remates à baliza de De Gea, que acabou por não conseguir fazer nenhuma defesa e até foi mal batido no segundo golo de Ronaldo. Seguiu-se a partida com o Irão, sendo que os asiáticos não conseguiram rematar à baliza de Espanha uma única vez. Para terminar a fase de grupos, os espanhóis empataram a dois golos com Marrocos, sendo que os africanos acertaram na baliza quatro vezes. Nos oitavos-de-final, ronda em que Espanha foi eliminada pela Rússia, David de Gea apenas teve um remate à sua baliza - e deu golo. Todos estes números são baseados nas estatísticas oficiais da FIFA.

Regressado ao Manchester United, o guarda-redes defrontou o Leicester City na primeira jornada da Premier League. Os 'red devils' venceram por 2-1 e os 'foxes' fizeram quatro remates à baliza, faturando uma vez. Agora, no segundo encontro, o Manchester United deslocou-se a Brighton e saiu derrotado por 3-2. Três golos sofridos em... três remates à baliza, o que significa que David de Gea não fez nenhuma defesa a uma tentativa que fosse na direção do golo, explicam as estatísticas oficiais da Premier League.

A juntar aos golos sofridos, o guardião também não tem sido competente a defender pontapés de penálti. As oito últimas vezes em que foi posto à prova a partir da marca dos onze metros em jogos da Premier League, sofreu sempre golo, incluindo na partida deste domingo contra o Brighton & Hove Albion.

Aos 27 anos, o espanhol vai na oitava temporada como dono e senhor da baliza do Manchester United, tendo sido contratado ao Atlético Madrid, clube onde se formou, em 2011. Pelos britânicos, David de Gea já soma 317 partidas, o que não deixa de ser impressionante para um jogador da sua idade. Foi 33 vezes internacional espanhol até à data e esteve presente nos Mundiais de 2014 e 2018, assim como no Europeu de 2016.

Sê o primeiro a comentar: