Grande Futebol
Onze factos rápidos sobre o FC Barcelona-Sporting
Eduardo Botelho
2017-12-06 19:30:00
O FC Barcelona venceu o Sporting por 2-0, com golos de Paco Alcácer e Mathieu, na própria baliza.

O autogolo de Mathieu foi o segundo sofrido pelo Sporting esta temporada, sendo que o outro tinha sido marcado por Coates, também frente ao FC Barcelona, mas em Alvalade. Mathieu fez o quarto autogolo na carreira e tornou-se no oitavo sportinguista a fazer um autogolo na Liga dos Campeões. Antes dele já o tinham feito Rui Jorge, Dimas, Caneira, Polga, Slimani, Jefferson e Coates. Curiosamente, os autogolos de Caneira e de Coates também foram frente ao FC Barcelona.

- Bas Dost teve uma ocasião flagrante para marcar, mas viu Cillessen, seu companheiro de seleção, defender. Esta foi a quarta vez que os dois jogadores se defrontaram e nas ocasiões anteriores, com Bas Dost ao serviço do Heerenveen e Cillessen no NEC, o avançado do Sporting também ficou em branco.

- O Sporting não conseguiu marcar em Camp Nou, colocando fim a uma série de 19 jogos sempre a marcar fora de casa. O último estádio de onde os leões tinham saído em branco foi o Municipal de Chaves, quando perderam por 1-0, em jogo dos quartos de final da Taça, no mês de janeiro.

- Paco Alcácer marcou um golo na Liga dos Campeões pela primeira vez na carreira. Por outro lado, Luis Suárez terminou a fase de grupos sem qualquer golo.

- Esta foi a única vez nesta edição da Liga dos Campeões que o Sporting perdeu por mais do que um golo de diferença, algo que nunca aconteceu na temporada passada. A última derrota por dois golos tinha sido frente ao Chelsea (3-1), na temporada 2014/15.

- Satisfazendo o desejo que Jorge Jesus tinha expressado antes da partida, Valverde deixou mesmo Lionel Messi no banco, lançando-o apenas na segunda parte. O argentino já tinha sido suplente frente à Juventus, pelo que esta foi a segunda vez consecutiva que começou uma partida da Liga dos Campeões no banco. Tal não acontecia desde 2006.

- Mesmo sem conseguir marcar, Messi atingiu um novo recorde na partida frente ao Sporting. Cumpriu o 121.º jogo na Liga dos Campeões, tornando-se o jogador não europeu com mais jogos na competição, seguido de Roberto Carlos (120) e Dani Alves (106)

- Apesar de, na primeira parte, o Sporting até ter tido mais saídas pelo lado esquerdo, os jogadores que atuaram desse lado na equipa do Sporting foram os que estiveram mais desacertados no passe. Não contando Rui Patrício, com 58% de acerto, Acuña foi o jogador que menos acertou (65%), seguido de Bruno César (68%) e de Fábio Coentrão (75%). Por outro lado, o jogador com maior percentagem de acerto no passe foi Bas Dost (94%). O pior, de todos os que estiveram em campo, foi Luis Suárez (acertou apenas 55% dos passes).

- Apesar de ter tido mais posse de bola (62% do tempo), a equipa do FC Barcelona correu mais do que a do Sporting. No total, os jogadores catalães correram 111,6 km, enquanto os do Sporting fizeram 109,9 km.

- O FC Barcelona terminou o grupo no primeiro lugar (o que até já estava garantido antes do encontro frente ao Sporting) reforçando o estatuto de equipa que mais vezes o conseguiu fazer na Liga dos Campeões. Foi a 19.ª vez que a equipa catalã terminou a fase de grupos em primeiro.

- Rui Patrício igualou Manuel Fernandes como o terceiro jogador com mais presenças (433) na história do Sporting. Pela frente, Patrício tem apenas Damas (436) e Hilário (453).

Sê o primeiro a comentar: