Grande Futebol
Oblak é dono de um impressionante registo de jogos sem sofrer golos em Espanha
Fernando Gamito
2017-10-08 21:00:00
O guarda-redes do Atlético Madrid tem mais jogos em que conseguiu deixar a baliza em branco do que golos sofridos

Jan Oblak tem um dos registos mais impressionantes da história da Liga Espanhola: o guarda-redes do Atlético Madrid soma mais jogos com a baliza em branco (50) no campeonato do que golos consentidos (49), números refletidos de 86 encontros disputados. Os dados estatísticos colocam o guardião esloveno como o único atual titular entre todas as equipas da liga que leva mais partidas com a baliza inviolável do que golos sofridos. Assim se comprova a consistência defensiva implementada por Diego Simeone nos “colchoneros”, mas também a eficiência de Oblak sempre que é chamado à ação.

Quando comparado com os principais rivais entre os candidatos ao título, é percetível as diferenças nos números em questão. O FC Barcelona, atual líder da Liga Espanhola, tem Marc-André ter Stegen como “dono” da baliza. Ora, o guarda-redes alemão já realizou 50 jogos no campeonato espanhol, sendo que em 21 desses não consentiu qualquer golo adversário. Ainda assim, Ter Stegen já viu as redes da própria baliza balançarem por 42 vezes no campeonato. Centrando atenções no Real Madrid e em Keylor Navas, é observável uma discrepância ainda mais avolumada. O guardião costa-riquenho tem 120 partidas disputadas na Liga espanhola, 43 das quais com a baliza em branco, sendo que já consentiu 116 golos.Está bem patente para qualquer adepto que siga o desporto rei no país vizinho que o Atlético Madrid dos tempos mais recentes é visto como um clube com primazia pelo processo defensivo. O facto de ter sido a defesa menos batida do campeonato espanhol nas últimas duas temporadas e os próprios números (27 em 2016/17, 18 em 2015/16, 29 em 2014/15) mais recentes dão ainda maior ênfase a essa mesma façanha.

Mas, o facto de o cunho da equipa ser de maior eficiência defensiva do que ofensiva recentemente em nada tira mérito a Oblak. Isto porque os dois antecessores do ex-Benfica no Atlético Madrid apresentaram números que, em média, não se aproximam da marca de Oblak. Thibaut Courtois disputou 111 encontros na Liga Espanhola, 56 deles com a baliza em branco, mas regista o saldo de 94 golos sofridos. David de Gea, por seu turno, realizou 57 partidas no campeonato, 14 sem consentir qualquer tento, porém com 91 golos sofridos.

Outro dado estatístico de Oblak que chama a atenção centra-se no capítulo das grandes penalidades. Desde que está ao serviço do Atlético Madrid, o guardião esloveno já teve que enfrentar a marca dos onze metros em dez ocasiões, apenas contabilizadas as que decorreram em tempo regulamentar. Oblak soma mais defendidas (seis) do que as sofridas (quatro).

Desde julho de 2014 no futebol espanhol, Oblak tem vindo a mostrar-se como um dos esteios da consistência defensiva do Atlético Madrid. Apenas com 24 anos, o guarda-redes que se notabilizou ao serviço do Benfica tem vindo a ser associado ao interesse de vários “colossos” europeus, como é o caso de Paris Saint-Germain e Juventus. Por outro lado, no capítulo de seleções, Oblak e a Eslovénia não conseguiram marcar presença no próximo Mundial, ausência confirmada este domingo.

Sê o primeiro a comentar: