Grande Futebol
"Não trabalhamos para acabar em segundo lugar"
2019-10-07 18:00:00
Domingos Quina confiante no triunfo dos sub-21 sobre a Holanda

O futebolista da seleção portuguesa sub-21 Domingos Quina perspetivou hoje um jogo “difícil” diante da Holanda, do grupo G do apuramento para o Euro2021, mas acredita no potencial da equipa lusa.

“Ainda não tivemos tempo para analisar o jogo da Holanda aqui nos sub-21, mas estamos à espera de um jogo difícil. Acreditamos no que somos capazes de fazer e vamos dar o nosso melhor para ganhar, que é o que queremos”, analisou.

A Holanda, que, tal como a seleção portuguesa, só tem vitórias na fase de qualificação para o campeonato da Europa de 2021, que se realizará na Hungria e Eslovénia, é o adversário que, na teoria, pode causar mais dificuldades a Portugal na luta pelo primeiro lugar do grupo, mas Domingos Quina sublinhou a ambição do grupo de se apurar diretamente na liderança.

“Não trabalhamos para acabar em segundo lugar. Claro que vamos jogar para ficar em primeiro e evitar fazer contas. A Holanda é uma seleção com nome, mas vamos tentar continuar sem sofrer golos. Se fizermos isso, estaremos mais perto da vitória”, afirmou.

O médio, que representa o Watford, de Inglaterra, revelou existir competição interna por um lugar no 'onze' inicial, fruto da qualidade dos jogadores escolhidos por Rui Jorge para representar a seleção sub-21.

“Somos muitos jogadores e cada um vai fazer o seu melhor para convencer o treinador a jogar. A competição é muito forte, mas o treinador é quem decide quem está em melhores condições”, disse.

Portugal desloca-se à Holanda para disputar o terceiro jogo do grupo G de qualificação para o Euro2021, na categoria sub-21, esta sexta-feira, no estádio De Vijverberg, em Doetinchem, às 17:30 (hora em Portugal continental).

 

Tags: