Grande Futebol
Messi arrisca suspensão de dois anos após declarações sobre corrupção
2019-07-07 21:45:00
Argentino não compareceu à cerimónia de entrega das medalhas

Lionel Messi está envolvido numa polémica após as acusações de corrupção à CONMEBOL, no final do encontro de atribuição de terceiro e quarto lugar da Copa América, em que a Argentina derrotou o Chile por 2-1. 

O argentino recebeu ordem de expulsão ainda na primeira parte, após um desentendimento com Medel, e, no final do encontro, depois de não ter comparecido na cerimónia de entrega das medalhas referentes ao terceiro lugar, acusou a organização de corrupção.

"Não dos deixaram estar na final. (...) Não temos de fazer parte desta corrupção, da falta de respeito ao longo de toda a esta copa", atirou o jogador. 

As declarações, entretanto reprovadas pela CONMEBOL, podem valer uma suspensão de dois anos a Messi, de acordo com os regulamentos da organização, que ressalvam que serão passíveis de punição "comportamentos ofensivos, insultuosos e difamatórios sobre qualquer órgão da CONMEBOL, como dirigentes, árbitros, ...". 

Em causa pode estar a presença do argentino nas eliminatórias de apuramento para o Mundial'2022, a realizar-se no Qatar, e na Copa América'2020, que se vai disputar na Argentina e Colômbia.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa