Grande Futebol
Libertadores: Cruzeiro goleia, Corinthians surpreendido e Tévez a fazer das dele
2018-05-03 07:55:00
Cruzeiro colocou um ponto final nas pretensões do Vasco da Gama em pleno São Januário.

Ponto final nas pretensões do Vasco da Gama na Copa Libertadores. No ano de regresso do Vasco à principal competição de clubes da América do Sul, o Vasco da Gama saiu de cena ao quinto jogo com apenas um golo marcado em 58 remates feitos nos jogos que já realizou. Esta madrugada, em casa, a equipa do Rio de Janeiro foi goleada em casa pelo Cruzeiro, resultado que colocou a Raposa, à condição, no primeiro lugar do Grupo 5 da competição. No São Januário o Cruzeiro saiu na frente logo aos 10 minutos por Leo e aos 33 minutos já vencia por 3-0 fruto de golos de Thiago Neves aos 25 minutos e de Sassá, numa bomba do meio da rua, aos 33. O mesmo Sassá que, aos 55 minutos, selou o resultado final num jogo que ficou marcado por graves confrontos nas bancadas entre adeptos da equipa vascaína.

O golaço de Sassá:

Também no Brasil, mas em São Paulo, o Corinthians foi surpreendido em casa pelos argentinos do Independiente por 2-1, resultado conseguido praticamente em meia hora. O Independiente saiu na frente logo aos dois minutos por Benítez, chegando ao 2-0 aos 25 minutos por intermédio de autogolo de Romero. O Corinthians ainda reduziu distâncias aos 32 minutos, mas o golo de Jadson, numa brilhante jogada de envolvimento coletivo, foi insuficiente para garantir pontos para o Timão.

O belo golo do Corinthians:

Já na Colômbia, o embate entre Junior Barranquilha e Boca Juniors terminou empatado a um golo, mas não isento de polémica. Desde logo durante os cumprimentos entre os jogadores com Carlos Tévez a deixar o antigo rival do River Plate e ex jogador do Sporting, Teo Gutiérrez, de mão estendida. Em campo, a coisa não foi melhor. O Junior chegou à vantagem aos 33 minutos por intermédio de uma grande penalidade muito contestada, com o mesmo Luis Carlos Ruiz a fazer o autogolo que permitiu ao Boca arrancar um ponto à equipa colombiana.

Já nos restantes encontros da noite, o Peñarol foi à argentina perder por 1-0 perante o Atlético Tucumán, enquanto o Colo Colo venceu o Delfín por 2-1 na Venezuela.

A nega de Tévez a Teo Gutiérrez:

Grupo B
Delfín-Colo Colo, 1-2

1º Atlético Nacional, 9 pontos/4 jogos
2º Bolívar, 5/4
3º Colo Colo, 4/4
4º Delfín, 4/4

Grupo C
Atlético Tucumán-Peñarol, 1-0

1º Libertad, 9 pontos/4 jogos
2º Atlético Tucumán, 9/5
3º Peñarol, 6/5
4º The Strongest, 3/4

Grupo E
Vasco da Gama-Cruzeiro, 0-4

1º Cruzeiro, 8 pontos/5 jogos
2º Racing, 8/4
3º Universidad Chile, 5/4
4º Vasco da Gama, 2/5

Grupo G
Corinthians-Independiente, 1-2

1º Corinthians, 7 pontos/4 jogos
2º Independiente, 6/4
3º Deportivo Lara, 6/4
4º Millonarios, 4/4

Sê o primeiro a comentar: