Grande Futebol
Hallgrimsson: "Não queremos ser como a Espanha ou o Brasil"
2018-06-26 23:50:00
Sobre a derrota desta terça-feira, frente à Croácia, o selecionador falou de um choque.

"Não queremos ser como a Espanha ou o Brasil". É com esta frase que Heimir Hallgrimsson, selecionador da Islândia, explica aquilo que os islandeses trouxeram a este Mundial 2018, explicando como é que esta pequena nação chegou até aqui. 

"O que fizemos nos últimos anos, talvez nos últimos seis anos, foi encontrar uma identidade para a seleção islandesa. Em termos de estilo futebolístico, de caráter, como devemos comportar-nos e jogar. Encontrámos a forma de trabalharmos juntos, e toda a gente aceita isso. Implementámos uma série de cursos de treinadores, e no que toca à área técnica, acaba-se a fazer sempre as mesmas coisas. Mas é preciso ser-se diferente, e talvez tenha sido nisso que estivemos melhor que outros, por termos encontrado uma forma diferente de ganhar. Não queremos ser como a Espanha ou o Brasil, seríamos sempre uma réplica. Queremos ser os melhores no que fazemos", disse, citado pela Lusa.

Sobre a derrota desta terça-feira, frente à Croácia, o selecionador falou de um choque. "Foi um choque ter sofrido o primeiro golo, mas não desistimos e isso mostra a atitude dos jogadores. Deixámos tudo no campo, não havia mais nada na bateria nos últimos minutos", detalhou.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa