Grande Futebol
Guiné-Bissau vence em São Tomé e Príncipe
2019-09-04 18:55:00
Apuramento para o Mundial'2022

A seleção da Guiné-Bissau adciantou-se hoje na eliminatória de apuramento para a fase de grupos de apuramento para o Mundial de 2022 de futebol, ao vencer em São Tomé e Príncipe por 1-0.

O único golo da partida foi marcado aos 86 minutos, por Nanu, jogador do Marítimo, na transformação de uma grande penalidade.

A seleção guineense esteve sempre por cima do jogo falhando pelo menos quatro lances que poderiam acabar em golos, não fosse a boa exibição do guarda-redes Falcão.

No final do jogo, o treinador são-tomense, Adriano Eusébio, considerou que o empate "seria um resultado justo por aquilo que a seleção" de São Tomé e Príncipe fez "diante uma poderosa Guiné-Bissau".

Classificou os seus jogadores como "autênticos heróis", num jogo em que criticou a arbitragem, principalmente a marcação da grande penalidade.

Adriano Eusébio prometeu "mudar de estratégia" para o jogo da segunda mão em Bissau, marcado para a próxima terça-feira.

O treinador da seleção da Guiné-Bissau admitiu que a sua seleção defrontou uma equipa que "não tem nada a ver com a posição em que está" (no 'ranking' da FIFA).

"Nós sempre respeitámos o adversário. São Tomé, na posição em que se encontra, não tem nada a ver com esse jogo. Fizeram tudo para nos contrariar. Tivemos oportunidade para fazer golos na primeira parte, mas não conseguimos por mérito de guarda-redes e agora vamos a Bissau e aguardar o que sair de lá", disse Baciro Candé.