Grande Futebol
Gonçalo Guedes marca no triunfo do Valencia frente ao Levante
2019-04-14 22:05:00
Formação 'Che' venceu por 3-1

O Valência venceu hoje por 3-1 o Levante, com um dos golos apontados pelo português Gonçalo Guedes, e consolidou o sexto lugar da I Liga espanhola de futebol, liderada pelo FC Barcelona, após 32 jornadas.

Santi Mina, na sequência de um cruzamento de Gonçalo Guedes, colocou o Valência em vantagem aos dois minutos (1-0), mas o Levante, com o português Rúben Vezo a titular, conseguiu chegar ao empate com um autogolo de Carlos Soler (1-1), aos 56.

No minuto seguinte, aos 57, Gonçalo Guedes desfez a igualdade (2-1), com um pontapé forte para o poste mais longe da baliza defendida pelo guarda-redes Aitor Fernandez, e Santi Mina bisou aos 63, elevando para 3-1 a vantagem do Valência.

A equipa ‘che’ soma agora 49 pontos no sexto lugar da tabela classificativa e encurtou para dois a diferença para o Getafe, quinto, que empatou a 2-2 na deslocação a casa do Valladolid. O Levante é 16.º colocado, com 33 pontos, dois acima da linha de despromoção.

Na fuga aos lugares de despromoção, o Villarreal somou três preciosos pontos em casa do Girona, com um triunfo por 1-0, com um golo do nigeriano Samuel Chukwueze, aos sete minutos, e ascendeu do 17.º ao 15.º posto, com 33 pontos, dois acima da ‘linha vermelha’.

O Valladolid, também empenhado na fuga aos últimos lugares, deixou escapar a vitória nos descontos do jogo com o Getafe, do português Antunes, que saiu lesionado aos 38 minutos, ao ceder uma grande penalidade convertida no 2-2 por Jorge Molina.

O uruguaio Mauro Arambarri colocou o Getafe, quinto classificado, em vantagem aos 14 minutos, mas o Valladolid deu a volta e passou para a frente do marcador com golos de Sergi Guardiola e do turco Enes Ünal, aos 69, na conversão de uma grande penalidade.

O ‘banho de água fria’ surgiu já no sexto minuto dos descontos, com o penalti convertido por Jorge Molina no empate a 2-2, que retirou a possibilidade do aflito Valladolid (18.º), somar três pontos e sair da zona de despromoção.

O também aflito Rayo Vallecano perdeu por 3-2 em casa do Athletic Bilbau e permanece no 19.º e penúltimo lugar da tabela classificativa, mas agora com apenas dois pontos de vantagem sobre o lanterna-vermelha Huesca, que empatou em casa com o FC Barcelona (0-0).

O Athletic Bilbau, sétimo posicionado, com 46 pontos, marcou por Iñaki Williams, aos 02 e 50 minutos, e Raul Garcia, aos 72. Alex Moreno, aos 45 minutos, e Raul de Tomas, aos 85, fizeram os golos do Rayo Vallecano, do português Bebé.

Na zona da tranquilidade, com um golo a abrir e outro a fechar, as equipas da Real Sociedade e do Eibar, do português Paulo Oliveira, empataram a 1-1 e permanecem separadas por um ponto na 10.ª e 12.ª posições, respetivamente.

A Real Sociedade chegou à vantagem com um golo de Juanmi (1-0), no primeiro minuto do encontro, mas o Eibar empatou por Joan Jordán (1-1), aos 85, pelo que ambas as equipas somaram um ponto.

A 32.ª jornada do campeonato espanhol fica concluída na segunda-feira com a receção do Leganés ao Real Madrid.

Sê o primeiro a comentar: