Grande Futebol
Fernando Santos: "Não tenho dúvidas de que Cristiano Ronaldo foi o melhor"
2018-09-25 13:00:00
O selecionador nacional não entendeu a atribuição do troféu de melhor jogador do mundo e do prémio Puskas pela FIFA.

Fernando Santos, selecionador nacional, defendeu que Cristiano Ronaldo merecia ter vencido o prémio The Best, atribuído pela FIFA ao melhor jogador do mundo. O timoneiro da equipa das quinas elogiou Modric, que conquistou o troféu, mas não teve dúvidas sobre aquele que deveria ter sido o escolhido.

"Há que olhar para um todo. Modric é grande jogador, mas não tenho dúvidas que [Cristiano] Ronaldo foi melhor. Foi quem contribuiu mais, marcou 50 e tal golos... Não faço juízos de valores, mas quando o melhor jogador do mundo, no auge da carreira, que marca o melhor golo da carreira e não é premiado, é porque algo não está bem. É estranho", começou por referir Fernando Santos, esta terça-feira, no Open day da Comissão do Comércio e Indústria.

O selecionador nacional mostrou-se ainda surpreendido pelo golo do internacional português à Juventus na época passada (sim, aquele pontapé de bicicleta) não ter sido eleito para vencer o prémio Puskas. "Não se percebe que o melhor golo da carreira do melhor jogador do mundo não tenha levado o prémio [Puskas]."

Fernando Santos recuou no tempo para recordar a conquista do Europeu em 2016 e a importância que o infortúnio da lesão de Ronaldo teve para motivar o grupo. "Portugal foi campeão da Europa. Não foi um jogador apenas. Estivemos unidos. O Cristiano Ronaldo jogou 20 minutos. Ser obrigado a sair por lesão pode ter sido fundamental para a equipa pelo que trouxe a nível motivacional. Os jogadores sentiram que tinham de dar mais 10%."

Sê o primeiro a comentar: