Grande Futebol
FC Porto afastado pelo Salzburgo nos 16 avos de final da Youth League
2020-02-12 17:25:00
Campeão em título perdeu no desempate por grandes penalidades

O FC Porto, detentor do troféu, foi hoje afastado no playoff da Youth League de sub-19, após perder, por 7-6 no desempate por penáltis, com o RB Salzburgo, depois do 1-1 no tempo regulamentar.

Affengruber, aos 23 minutos, inaugurou o marcador, de cabeça na sequência de um canto, porém Fábio Vieira igualaria aos 29, de penálti, sendo que o 1-1 obrigou ao desempate por grandes penalidades.

O guarda-redes Francisco Meixedo estava a ser o herói ao defender dois remates – compensavam os remates por cima da trave de Rodrigo Valente e Levi Faustino -, contudo quando decidiu assumir a conversão do castigo máximo, permitiu a defesa de Antosch, decisiva no 7-6 desde a marca de 11 metros.

O campeão em título caiu assim face ao vencedor da prova em 2017, que segue para os oitavos onde já estão o Benfica, por ter vencido o seu grupo, bem como o Ajax, Atalanta, Bayern Munique, Inter Milão, Juventus, Liverpool e Real Madrid.

Mesmo com o playoff, a uma só mão, a disputar-se em Portugal, os austríacos nunca se atemorizaram, apresentando uma equipa possante e com boa qualidade técnica, com jogadores intensos, dinâmicos e agressivos na disputa de cada lance.

Na primeira situação de perigo, Gonçalo Borges, aos 19 minutos, lançado por Fábio Vieira, correu desde o seu meio campo até à área, contudo, apertado, o seu remate foi à figura.

A resposta dos austríacos foi poderosa, pois aos 20 Adamu desenvencilhou-se de um contrário e atirou para defesa de Meixedo, que logo a seguir ganhou novo duelo com o avançado, num cabeceamento em balão.

Na sequência do respetivo canto, Affengruber era o quarto elemento na trajetória da bola na pequena área, mas foi quem cabeceou, para o fundo das redes.

Os dragões sentiam muitas dificuldades, porem beneficiariam de um penálti por falta pelas costas de Wallison Silva sobre Rodrigo Valente, contestada pelos forasteiros. Fábio Vieira converteu e empatou.

No segundo tempo, equilibrado, destaque para o livre de Fábio Vieira devolvido pela trave, aos 58 minutos.

Aos 82, Francisco Meixedo, em desequilíbrio, aliviou livre perigoso em que a bola tinha desviado num companheiro, e o posterior remate de Adeyemi bateu num contrário. Logo a seguir foi Adeyemi, sozinho frente ao guarda-redes, a fazer o mais difícil e atirar ao lado.

As meias-finais e finais da competição disputam-se entre 17 e 20 de abril em Nyon, na Suíça.

Jogo no Estádio Luís Filipe Menezes, em Vila Nova de Gaia.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Affengruber, 23 minutos.

1-1, Fábio Vieira, 29 (grande penalidade).

Desempate por penáltis:

1-0, Fábio Vieira.

1-1, Pokorny.

2-1, Afonso Sousa.

2-2, Pratt.

2-2, Rodrigo Valente (atirou por cima).

2-3, Sucic.

3-3, Duarte Moreira.

3-3, Adamu (defesa do guarda-redes).

3-3, Levi Faustino (atirou por cima).

3-3, Affengruber (defesa do guarda-redes).

4-3, Rafa Pereira.

4-4, Oroz.

5-4, Pedro Justiniano,

5-5, Seiwald.

6-5, Rodrigo Ferreira.

6-6, Adeyemi.

6-6, Francisco Meixedo (defesa do guarda-redes).

6-7, Wallison Silva.

Equipas:

FC Porto: Francisco Meixedo, Rodrigo Ferreira, Pedro Justiniano, Levi Faustino, Ruben Amaral, Tiago Matos (Manuel Mané, 90), Gonçalo Borges (Rafa Pereira, 71), Rodrigo Valente, Duarte Moreira, Fábio Vieira e Afonso Sousa

(Suplentes: Tiago Estevão, Rúben Cardoso, Manuel Mané, Rafa Pereira, Seco Sani, Francisco Conceição e Rodrigo Auzmendi).

Treinador: Tulipa.

RB Salzburgo: Antosch, Wallison Silva, Affengruber, Okoh (Oroz, 83), Dedic, Pokorny, Seiwald, Sucic, Prass, Adeyemi e Adamu.

(Suplentes: Schrocker, Anselm, Major, Oroz, Bockle, Sesko e Bukta).

Treinador: Frank Kramer.

Árbitro: Halil Umut Meler, Turquia.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nunes Silva (08 minutos), Fábio Vieira (36), Sucic (37), Adamu (55), Seiwald (70), Rodrigo Ferreira (86) e Pokorny (90+3)

Assistência: cerca de 2.000 espetadores.