Grande Futebol
Dois portugueses entre os 10 jogadores mais subvalorizados para a Marca
2019-03-04 19:40:00
Publicação espanhola elegeu 10 jogadores que não têm tanta atenção

"Sem tanto protagonismo e afastados dos holofotes, há alguns jogadores que brilham, ganham jogos e títulos no velho continente". É desta forma que a Marca, de Espanha, elege os 10 jogadores mais subvalorizados a atuar nas principais ligas da Europa. Entre os nomes, a publicação espanhola destaca dois portugueses: Rui Patrício e Bernardo Silva. 

O antigo guarda-redes do Sporting é descrito como um "campeão da Europa que se está a exibir na Premier League". Rui Patrício rumou no último verão ao Wolverhampton de Nuno Espírito Santo e rapidamente se assumiu como o número um da baliza. É uma das figuras da excelente temporada dos 'wolves', que ocupam atualmente o sétimo lugar, atrás dos crónicos candidatos: Manchester City, Liverpool, Tottenham, Manchester United, Arsenal e Chelsea. Até ao momento soma 35 participações, tendo sofrido 35 golos. 

A 28 pontos de distância e na liderança da Premier League está o outro português da lista: Bernardo Silva. O médio é um dos nomes fortes da formação de Pep Guardiola, sendo frequentemente alvo dos elogios do técnico catalão. 

"Penso que, esta época, é um dos dois ou três melhores jogadores da Premier League. Dá gosto vê-lo jogar. "Como treinador, sou incrivelmente sortudo por ter o Bernardo, por poder apreciá-lo em cada treino e em cada jogo. É um tipo adorável. Eu adoro-o", afirmou Guardiola. 

A Marca recorda uma outra frase do técnico, que assumiu que o City era "Bernardo e mais 10". Até ao momento soma 38 jogos em todas as competições, tendo apontado oito golos. 

Ao lado da dupla lusa, a publicação elege Fernandinho (Manchester City), Ander Herrera (Manchester United), Robertson (Liverpool), Koulibaly (Nápoles), Fabinho (Liverpool), Azpilicueta (Chelsea), Handanovic (Inter) e Witsel (Borussia Dortmund). 

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa