Grande Futebol
Cristiano Ronaldo foi o Rei Golo em Madrid onde apenas faltaram mais campeonatos
Sérgio Cavaleiro
2018-07-10 18:30:00
O português bateu recorde atrás de recorde e deixa um vazio muito grande na capita espanhola

Está confirmada a mudança de Cristiano Ronaldo para a Juventus. Para trás ficam nove anos de Real Madrid e nove anos de golos. Muito golos. O craque português marcou que se fartou enquanto esteve na capital espanhola. Aliás, nunca antes havia um jogador marcado tantos golos pelo Real Madrid como o madeirense, e por lá passaram lendas como Puskas, Di Stéfano e Raúl. Cristiano vestiu a camisola do Real Madrid em 438 ocasiões e marcou 451 golos. Uma média de 1,03 golos por desafio.

O futebol é muita coisa. Táticas. Movimentos. Posicionamentos. Velocidade. Estratégia. E mais. Mas só ganha jogos quem consegue marcar golos e nesse capítulo não “há pai” para Cristiano Ronaldo. São poucos aqueles que conseguem superar o jogador português quando o tema são os golos.

Numa análise elaborada pelo "Record" é possível perceber que, se nos cingirmos aos onze clubes europeus com mais títulos, Cristiano Ronaldo é superado apenas por Piet van Reenen. O avançado do Ajax do anos 20 e 30 do século passado marcou 279 golos nos 240 jogos realizados pelo gigante clube holandês. O que perfaz uma média de 1,16 golos por jogos.

Cristiano Ronaldo surge em segundo lugar nesta lista de jogadores com melhor média de golos por jogo ao serviço dos melhores clubes europeus. CR7 marcou 451 golos em 438 jogos, ou seja uma média de 1,03 golos por jogo. Mais. Grande parte dos golos conseguidos pelo português foram marcados na Liga dos Campeões. Prova que não fazia parte dos calendários europeus quando Piet van Reenen jogava.

Durante a sua estadia na capital espanhola, Cristiano Ronaldo foi considerado o Melhor Jogador do Mundo por quatro vezes e com isso ajudou o Real Madrid a conquistar a Liga dos Campeões também em quatro ocasiões, três delas consecutivas. Com a camisola dos merengues tornou-se no único jogador a marcar golos em onze jogos consecutivos na Liga dos Campeões. O único a marcar em três finais da maior competição de clubes da UEFA e foi no Real que, em 2013/14 bateu o recorde de golos numa só edição da Champions: 17.

Mas nem tudo foi um mar de rosas na passagem de Cristiano Ronaldo pela Liga Espanhola. Apesar de todas as conquistas a nível individual e todos os títulos europeus ao serviço do Real Madrid a verdade é CR7 apenas ganhou dois campeonatos espanhóis. Coisa que acaba por saber a pouco depois de nove anos a vestir de branco. Em Espanha arrecadou ainda duas taças do Rei e duas supertaças.

Resta agora esperar para ver o que será o Real Madrid sem aquela que foi a sua grande figura na última década. Quem vier para substituir o português não terá tarefa fácil, isso é uma certeza.

Sê o primeiro a comentar: