Grande Futebol
City pode ser afastado da Champions por causa do fair-play financeiro
2019-05-16 10:55:00
Clube já reagiu em comunicado

O Manchester City poderá ser afastado da participação na próxima edição da Liga dos Campeões. Em causa estão alegadas irregularidades financeiras e violação do fair-play financeiro.

O Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA explicou, nesta quinta-feira, que a investigação, que dura desde março aos 'citizens', foi encaminhada para a assembleia do organismo que irá agora traçar o destino do City.

Chefiada pelo português Narciso da Cunha Rodrigues, caberá agora à assembleia da UEFA aplicar eventuais sanções ao City.

Em Inglaterra antecipa-se mesmo o pior cenário para o clube que é o afastamento das provas europeias.

O clube já veio a público defender-se e negar qualquer ilegalidade.

"O Manchester City está desapontado, mas infelizmente não está surpreendido", explica o City, na nota divulgada, salientando que "o clube está confiante num desfecho positivo".

"A acusação de irregularidades financeiras é inteiramente falsa, e o investigador da UEFA ignorou provas irrefutáveis que o clube disponibilizou", pode ler-se.

Anteriormente, o City já foi castigado pela UEFA por causa do fair-play financeiro. Na altura, em 2014, foram aplicadas restrições nas transferências e na inscrição de jogadores. Agora, o castigo poderá ser mais severo.

Sê o primeiro a comentar: