Grande Futebol
Carlos Queiroz diz que o VAR “é uma criança que precisa de aprender a andar”
2019-06-24 14:00:00
Colômbia terminou o grupo B da Copa América em primeiro lugar

O selecionador de futebol da Colômbia, o português Carlos Queiroz, considerou hoje que o videoárbitro (VAR) “é como uma criança a quem se deve permitir que aprenda a andar”, em referência à utilização daquele sistema no jogo com Paraguai.

“Na minha vida de treinador sempre acreditei que as ajudas da tecnologia são muito importantes para o futebol, mas sei que há conceitos diferentes, porque o futebol também é um jogo de opiniões”, disse Queiroz, na conferência de imprensa que se seguiu ao triunfo da Colômbia sobre o Paraguai, por 1-0, em jogo da terceira e última jornada do grupo B da Copa América.

Na partida disputada no estádio Fonte Nova, em Salvador, o VAR fez com que o árbitro peruano Victor Carillo anulasse um golo à Colômbia, quando esta já vencia por 1-0, e inviabilizasse a marcação de uma grande penalidade a favor dos ‘cafeteros’ já nos minutos finais.

“O VAR é como uma criança a quem se deve permitir que aprenda a andar, apoiá-la muito, porque o que está em jogo é a credibilidade do futebol”, acrescentou Carlos Queiroz, para quem as decisões tomadas pelos árbitros após recurso ao sistema têm causado confusão nos espetadores.

A Colômbia terminou o grupo B da Copa América em primeiro lugar, com três vitórias, e irá defrontar nos quartos de final o Chile ou o Uruguai.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa