Grande Futebol
Bordéus, de Paulo Sousa, ajuda Mónaco de Leonardo Jardim a fugir à descida
2019-05-24 23:05:00
Guingamp, onde joga Pedro Rebocho, desce de divisão

O Bordéus, treinado por Paulo Sousa, quebrou uma série consecutiva de seis derrotas com triunfo em Caen, na última jornada da I Liga francesa de futebol, enquanto o Mónaco, de Leonardo Jardim, perdeu em Nice, mas salvou-se.

Um golo do médio senegalês Younousse Sankhare, aos 19 minutos, selou o triunfo da equipa de Paulo Sousa, que registou duas vitórias, três empates e seis derrotas desde que assumiu o comando técnica dos ‘girondinos’.

Por seu lado, Leonardo Jardim despediu-se com uma derrota por 2-0 em Nice, mas a ajuda do seu compatriota Paulo Sousa com o triunfo do Bordéus em Caen, que atirou esta equipa para a II Liga, pô-lo a salvo da descida de divisão.

Pela equipa monegasca, foram titulares os internacionais portugueses Adrien e Gelson Martins, que seria substituído pelo seu compatriota Rony Lopes, aos 72 minutos.

Nos outros jogos de hoje, o Amiens recebeu e venceu o Guingamp por 2-1 e garantiu a manutenção, enquanto o seu adversário desceu de divisão, acompanhando o Caen.

Pelo Guingamp, alinhou durante os 90 minutos o lateral esquerdo português Pedro Rebocho, que esteve na origem do único golo da sua equipa, aos 66 minutos, ao executar o livre para a finalização de Alexandre Mendy.

Quem se salvou da descida direta ao ‘soar do gongo’ foi o Dijon, que venceu na receção ao Toulouse por 2-1 e garantiu o 18.º lugar, que lhe dá direito a disputar a final do ‘play-off’ com o Lens, que hoje eliminou o Troyes, orientado pelo português Rui Almeida, nas meias-finais ao vencer por 2-1, após prolongamento.

De destacar as derrotas do campeão e do vice-campeão, Paris Saint-Germain e Lille, em Reims e em Rennes, por 2-1 e 3-1, respetivamente, e a vitória caseira do Marselha por 1-0 sobre o Montpellier que lhe valeu a subida ao quinto lugar por troca com o seu adversário, em cujo ‘onze’ alinhou durante os 90 minutos o central e internacional português Pedro Mendes.

Pelo Lille, alinharam os internacionais portugueses José Fonte, a titular, e o seu irmão Rui Fonte, que foi lançado em campo aos 75 minutos a render Loic Rémy.

Finalmente, o Nantes perdeu em casa frente ao Estrasburgo por 1-0, enquanto o Lyon deu a volta ao resultado no triunfo por 3-2 em Nimes, com golos aos 89 e 90+1.

Sê o primeiro a comentar: