Grande Futebol
Bernardo Silva ganha tempo para se defender da acusação de racismo
2019-10-09 17:10:00
Internacional português incorre numa pena de seis jogos de suspensão

A federação inglesa (FA) prolongou o prazo para Bernardo Silva apresentar a sua defesa, no âmbito da acusação que é feita ao médio do Manchester City por alegado racismo contra um colega de equipa.

Em causa está uma brincadeira de Silva com Benjamin Mendy, que envolve um boneco que é a imagem de marca de um chocolate.

O internacional português tinha até hoje para apresentar defesa, mas a FA prolongou o prazo, que agora expira a 21 de agosto.

Caso seja condenado, Bernardo Silva pode apanhar uma pena de até seis jogos de suspensão.