Grande Futebol
Athletic Bilbao, um histórico a lutar pela sobrevivência
António José Oliveira
2018-12-06 11:00:00
Abaixo da linha de despromoção, equipa basca despediu o treinador Eduardo Berizzo

Histórico de Espanha e um dos símbolos maiores da identidade basca, o Athletic Bilbao, um dos três clubes que jamais caíram para a segunda divisão, juntamente com os poderosos Real Madrid e FC Barcelona, vive um dos momentos mais dramáticos da sua repleta história. O leão do Páis Basco ocupa nesta altura o pior lugar de sempre, o 18.º, precisamente uma das posições de descida do campeonato espanhol. Em 14 jogos, o Athletic soma... uma vitória, oito empates e cinco derrotas, correspondentes a 11 pontos, a três de distância do Vilarreal CF, a primeira equipa acima da linha de despromoção.

Como consequência, o treinador argentino Eduardo Berizzo foi esta quarta-feira demitido do comando técnico, sendo substituído pelo basco Gaizka Garitano, que orientava a equipa de reservas “O Athletic Bilbau decidiu terminar o contrato que o ligava ao treinador Eduardo Berizzo. A partir de 05 de dezembro, Gaizka Garitano será responsável por dirigir a equipa principal do Athletic”, informou o clube na conta oficial na rede social Twitter.

Berizzo, de 49 anos, chegou ao clube basco esta temporada, oriundo do Sevilha FC, mas deixa San Mamés com apenas duas vitórias em 15 jogos e após uma série de 13 encontros seguidos sem vencer no campeonato. É neste contexto que Garitano, de 43 anos, assumiu a liderança da equipa, que sofreu uma pesada derrota na última jornada, diante do Levante UD, por 3-0, que ditou a saída de Berizzo.

Esta poderá ser uma solução transitória, tendo em conta que o clube espanhol está nesta altura em período pré-eleitoral, num momento determinante de uma repleta história. O Athletic é um dos dois únicos clubes que conseguiram ser campeões invictos na liga do país vizinho alcançando esta marca na temporada 1929/1930. Detém igualmente a maior goleada da história do campeonato (12-1 sobre o... FC Barcelona) e o segundo maior goleador da história da Liga (ultrapassado em 2014 por Lionel Messi), Telmo Zarra, que obteve 251 golos em 279 jogos.

Com uma cultura muito própria, o Athletic é um dos símbolos da identidade basca. Um facto que é expresso em "pormenores" como o sucedido com Iker Muniain, que renovou contrato com o clube por cinco temporadas, o mesmo é dizer até 30 de junho de 2024, num acordo sem precedentes na história recente do futebol mundial, tendo em conta que não prevê qualquer cláusula de rescisão.

O camisola 10 vai, assim, representar o emblemático clube espanhol durante as próximas cinco épocas, se o clube assim o entender, pois Muniain só sairá se o Athletic se decidir por essa opção em função da medida agora adotada. Aos 25 anos, Muniain, duas vezes campeão da Europa de sub-21 pela seleção espanhola, já participou em mais de 360 jogos oficiais com a camisola da equipa de Bilbau, tendo apontado 51 golos ao longo da carreira. Estreou-se no dia 30 de julho de 2009 num jogo contra o Young Boys e daí para cá não vestiu outra camisola. Mais, o Athletich é o único clube que representou nos 15 anos que leva de futebol. Foi lá que nasceu e é lá que continua.

 

Sê o primeiro a comentar: