Grande Futebol
Arsenal e Sevilha são os favoritos em maiores dificuldades
2019-03-12 09:30:00
As contas da Liga Europa para a segunda mão dos oitavos de final

O Arsenal, derrotado em Rennes por 3-1, e o Sevilha, ‘empatado’ em casa a dois golos pelo Slavia Praga, são os favoritos em maiores dificuldades para a segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa em futebol.

Moralizados pelo 2-0 de domingo ao Manchester United e a subida ao ‘milionário’ quarto lugar da ‘Premier League’, os londrinos só precisam de repetir o resultado conseguido face aos ‘red devils’, o que está longe de ser uma missão impossível.

Os ‘gunners’ até marcaram primeiro em França, aos quatro minutos, por Iwobi, mas, aproveitando da melhor forma a expulsão de Sokratis (41 minutos), o Rennes respondeu com três tentos, de Bourigeaud (42), Monreal (65, na própria baliza) e Sarr (88).

Por seu lado, o Sevilha esteve a vencer por duas vezes, com tentos de Ben Yedder, no primeiro minuto, e Munir, aos 28, mas Stoch, aos 25, e Kral, sem saber bem como, aos 39, colocaram os checos na frente da eliminatória.

Os andaluzes têm, porém, múltiplas armas, entre as quais os portugueses André Silva e Daniel Carriço, para dar a volta na República Checa e continuar na corrida a um quarto título na prova, depois dos três de ‘rajada, entre 2013/14 e 2015/16.

Se o Sevilha parte atrás, os também espanhóis do Valência têm uma ligeira vantagem, face ao Krasnodar, já que, no Mestalla, ao ‘bis’ do ex-benfiquista Rodrigo (12 e 24 minutos) os russos responderam com um tento de Claesson (63).

A formação da Rússia só precisa, assim, de ganhar por 1-0, tarefa que está longe de ser fácil, face a um Valência de boa saúde, como mostrou no domingo, ao vencer por 3-2 em Girona, mesmo com 10, no regresso aos golos do português Gonçalo Guedes.

No outro combate entre espanhóis e russos, a ‘balança’ está completamente inclinada para o lado do Villarreal, o ‘carrasco’ do Sporting nos 16 avos de final, que triunfou no reduto do Zenit por 3-1, com tentos de Iborra, Gerard Moreno e Morlanes.

Por seu lado, o Nápoles e o Chelsea, que bateram em casa por 3-0 o Salzburgo e o Dinamo Kiev, respetivamente, estão igualmente muito perto dos quartos de final.

A zero está a eliminatória entre o Inter de Milão, de Cédric e João Mário, e o Eintracht Frankfurt, de Gonçalo Paciência, após o ‘nulo’ na Alemanha, enquanto o Benfica, o representante luso, precisa de dar a volta ao 1-0 sofrido no reduto do Dínamo Zagreb.

Os encontros da segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa realizam-se na quinta-feira, três com início às 17:55 (em Lisboa), em Kiev, Krasnodar e Salzburgo, e os restantes com pontapé de saída às 20:00, entre os quais o do Estádio da Luz.

O sorteio dos quartos de final e das meias-finais da Liga Europa realiza-se na sexta-feira, em Nyon.

Sê o primeiro a comentar:
Tags: