Grande Futebol
"Adeptos do Benfica chamavam-me ‘vale-tudo’. E alimentavam-me, davam-me força"
2019-10-14 12:50:00
Felipe comenta a alcunha que ganhou ao serviço do FC Port

Contratado ao FC Porto no verão, o brasileiro Felipe tem vindo a impor-se na defesa do Atlético Madrid. Em entrevista ao As, o central recorda como surgiu a "oportunidade" de saltar para o futebol europeu através dos dragões.

"Há oportunidades que só surgem uma vez. Comecei a jogar muito tarde e não tinha tempo de pensar como os outros brasileiros. Portugal era um passo mais fácil, devido à língua. Não queria ser como os brasileiros que dão o salto para a Europa e meses depois estão de volta. Vi que era a minha oportunidade e agarrei-a".

Ao serviço do FC Porto, o agora defesa do Atlético passou "três anos fantásticos" e ganhou uma alcunha, atribuída pelos adeptos do Benfica: 'vale-tudo'.

"Não me importava", garantiu: "Quando os adeptos do eterno rival de chamam de tudo sabes que estás a fazer as coisas bem. Ao chamarem-se assim estavam a alimentar-me. Davam-me força, faziam-me sentir mais importante", afirmou Felipe.

Foi também na passagem pelo Dragão que Felipe teve por adversário João Félix, agora colega de equipa no Atlético.

"É preferível tê-lo ao lado. Tinha acabado de se estrear e já chamava muito a atenção. É um jovem com muita vontade de marcar a diferença. Tem uma qualidade superior, mas é preciso atenção para que a qualidade individual torne mais forte o grupo", analisou.

Aos poucos, Felipe vai conquistando a 'torcida' do Atlético Madrid, em especial devido à agressividade na disputa dos lances, sendo praticamente imbatível no duelo aéreo. 

"Penso que adquiri isso quando joguei basquetebol, durante uns quatro anos. Joguei a nível amador, mas trabalhei muito o salto, a coordenação. No futebol, isso ajudou-me a marcar a diferença, fui refinando o jogo aéreo", concluiu Felipe.