Grande Futebol
A revolta de "deus" Ronaldo, o rei da Champions para os jornais estrangeiros
2019-03-13 10:50:00
Imprensa internacional rendida ao feito de Ronaldo, o "deus", o "rei", "lendário" e "monstruoso"

Os três golos de Cristiano Ronaldo que deram a reviravolta à Juventus nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, e qualificação para os ‘quartos’, recolocam o avançado português na imprensa como ‘deus’ e ‘rei’ da competição.

“A revolta de deus”, é a manchete do diário italiano La Gazzetta dello Sport, que classifica a vitória por 3-0 da ‘vecchia signora’, depois da derrota por 2-0 em Madrid, de “um feito de loucos”, ilustrado com a fotografia do português a imitar o gesto do treinador argentino Diego Simeone, na primeira mão.

No jogo da capital espanhola, Simeone festejou de uma forma que a UEFA considerou conduta imprópria, ao simular agarrar os testículos, tendo o organismo que regula o futebol europeu multado em 20.000 euros o técnico, que pediu desculpa após o jogo.

O avançado natural da Madeira somou o oitavo ‘hat-trick’ na Liga dos Campeões, igualando o argentino Lionel Messi, avançado do FC Barcelona, com dois golos de cabeça, aos 27 e 49 minutos, e outro na conversão de uma grande penalidade, aos 86.

O jornal de Turim Tuttospor chama à capa a expressão “Marciano”, enquanto o Corriere dello Sport descreve o português como “Cristiano lendário e monstruoso”.

O feito de Ronaldo é igualmente destacado na imprensa espanhola, com os títulos “Cristiano rei da ‘Champions’”, no diário AS, e “Cristiano impõe a sua lei”, no diário Marca, e na francesa, com o destaque “Fenomenal Ronaldo”, no L'Équipe.

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa