Artigos Patrocinados
MLS pode ter uma equipa de Las Vegas nos próximos anos
2020-01-30 16:45:00

Nos últimos anos, com o crescente interesse das autoridades de Las Vegas em posicionar a cidade como palco de diversos eventos desportivos, há muitos rumores a circular na imprensa norte-americana sobre a possibilidade de Nevada ter uma equipa na Major League Soccer (MLS).

Porém, para que isso ocorra num futuro próximo, a cidade precisa de um projeto de estádio concreto para apresentar à MLS e obter a aprovação da liga.

A importância dos estádios para entrar na MLS

Das últimas nove equipas que entraram na MLS, apenas duas não jogam num estádio próprio para futebol. O New York City FC, que conta com a Yankee Global Enterprises como proprietário minoritário, joga no Yankee Stadium, estádio de basebol do New York Yankees.

CC BY-SA 2.0 Caption: “Yankee Stadium”

A outra equipa que não tem estádio próprio é o Atlanta United FC, propriedade de Arthur Blank, também dono do Atlanta Falcons, integrante da NFL que tem como estádio o Mercedes-Benz Stadium. Nesse estádio jogam os Falcons e o Atlanta United.

Projeto de construção de um estádio de futebol em Las Vegas

As negociações para que Las Vegas construa um estádio com capacidade para 25.000 pessoas estão a progredir. Las Vegas e a empresa The Renaissance Companies Inc. negociam há 18 meses para construir um novo estádio de futebol perto do campo de basebol Cashman Field, de acordo com o Las Vegas Review-Journal.

O prazo final para terminar essa proposta é o dia 5 de fevereiro. Além disso, há uma reunião do executivo da cidade agendada para a mesma data. Em comunicado oficial à imprensa norte-americana, Floyd Kephart, presidente da The Renaissance Companies Inc., enunciou os benefícios que um estádio em Las Vegas traria para o concelho de Cashman. Esperamos apresentar um projeto que não apenas mostrará Las Vegas como um mercado dinâmico adequado para a MLS, mas também descreverá a reconstrução do distrito de Cashman numa verdadeira área de entretenimento ao vivo que economicamente beneficia a todas as partes”, explicou Kephart.

Quatro equipas novas confirmadas para os próximos dois anos

A MLS terá 26 equipas a competir em 2020, com duas novas entradas na liga: Inter Miami CF e Nashville SC. Nos próximos dois anos, entre 2021 e 2022, mais quatro equipas ingressarão na MLS: Austin FC, Sacramento Republic FC, St. Louis e uma franquia de Charlotte, que ainda não tem nome definido.

Em dezembro de 2019, a cidade de Charlotte recebeu uma equipa de expansão da MLS, a 30ª da liga, e o clube deve começar a jogar em 2021 no Bank of America Stadium, no centro de Charlotte. A oferta de expansão foi liderada pelo bilionário David Tepper, proprietário do Carolina Panthers, equipa da NFL.

Las Vegas é uma cidade aberta ao desporto

Palco de grandes eventos de boxe e eventos de artes marciais mistas há décadas, Las Vegas também é um dos sítios preferidos dos jogadores de póquer ao vivo, que tem como principal variação o Texas Hold’em, modalidade de infinitas estratégias, táticas e nuances. Desde 1970, é realizado na cidade o Campeonato Mundial de póquer.

No basebol, Las Vegas é a casa de uma equipa da Minor League, liga secundária da MLB (Major League Beisebol). Trata-se da Las Vegas Aviators, afiliada do Oakland Athletics, cujo gerente é Billy Beane, retratado no filme Moneyball.

No entanto, Las Vegas quer ir mais além e tornar-se um dos polos do desporto norte-americano. Desde 2017, quando o Las Vegas Golden Knights estreou na NHL (National Hockey League), principal liga de hóquei no gelo do mundo, a cidade de Nevada abriu as portas para receber mais equipas de outras grandes ligas do desporto norte-americano.

No dia 5 de fevereiro será decidido se Las Vegas terá ou não um estádio para o futebol. Caso a resposta seja positiva, a cidade dará um passo importante para ter uma equipa na MLS. Porém, mesmo que tudo ocorra da melhor maneira, a expetativa é que somente a partir de 2022 uma equipa de Las Vegas estreie na MLS.

Tags: