Portugal
"Revelações dos jogadores do Rio Ave? Ainda vem aí muita coisa"
2019-03-18 19:00:00
Frederico Varandas diz que o Sporting não vai largar o caso

Frederico Varandas comentou as notícias vindas a público nas quais os jogadores do Rio Ave afirmaram em tribunal terem sido aliciados por César Boaventura para facilitar num jogo contra o Benfica, na época 2015/2016. Em conferência de imprensa, na qual anunciou que vai pedir uma audiência ao Governo devido às recentes agressões a dirigentes dos 'leões', o presidente do Sporting garante que o clube não vai deixar o caso porque, defende, os verde e brancos foram "prejudicados financeira e desportivamente". 

"Vou responder porque esse assunto entronca no que já disse sobre transparência e zero suspeição, valores dos quais o Sporting não abdica. Quero deixar uma garantia aos sportinguistas. É verdade que nestes seis meses estamos muito concentrados internamente, com questões diversas como empréstimos obrigacionistas, Alcochete, rescisão dos contratos, a lamentável herança financeira. Inúmeros dossiês, mas quero deixar a garantida de que não vamos descuidar esse assunto", começou por dizer. 

"Ouvimos e lemos o que tem saída na comunicação social, com jogadores em tribunal, repito, em tribunal, a afirmarem terem sido aliciados para perder um jogo. Não é surpresa para mim, sou sincero. Não vamos largar este caso até ao fim porque temos a convicção de que o Sporting foi gravemente prejudicado financeira e desportivamente. E temos a séria convicção de que ainda vem aí muita coisa", atirou. 

Nos últimos dias, recorde-se, Lionn e Cássio, antigos jogadores do Rio Ave, referiram terem sido aliciados pelo empresário César Boaventura para facilitar num jogo frente ao Benfica. 

Sê o primeiro a comentar: