Portugal
"Peço desculpa mas vou ser duro e bruto". Dias Ferreira desagradado com futebol
2020-05-28 13:55:00
Ex-dirigente do Sporting diz que televisões "jogam com audiências e com quem berra mais"

Antigo presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Sporting, Dias Ferreira mostra-se muito crítico com o facto de o campeonato ainda não ter recomeçado e as polémicas já estarem a marcar a rotina nos corredores do futebol.

"Peço muita desculpa mas vou ser duro e bruto, mas as pessoas que estão à frente dos clubes, salvo raríssimas exceções, não defendem os interesses do clube mas o seu próprio interesse e não defendem o negócio do futebol mas o seu próprio negócio", criticou Dias Ferreira, lamentando que "dois ou três meses depois" com o aparecimento do covid "parece que nada se passou" e não se tiraram lições.

"A mentalidade é esta e venha covid-19, covid-20 e covid-21".

O ex-dirigente do Sporting nota que se "continua a jogar fora dos estádios numa forma absolutamente passada".

"Para quê público nos estádios se os programas de televisão já estão a falar de tudo quando não se passa nada no campo?", questionou, em declarações na Tertúlia dos Fenómenos da Bola, no Facebook.

"O futebol está nas televisões onde se discute tudo menos futebol. Peço desculpa mas esta é a minha visão que não é pessimista mas realista", acrescentou o antigo presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Sporting.

Dias Ferreira reforçou a sua crítica com o cenário do futebol atual.

"As televisões jogam com as audiências e com os que berram mais", criticou o ex-dirigente verde e branco.

"Parece que aquilo que os dirigentes do futebol querem é mostrar que os adeptos não fazem falta, porque o que se discute é na televisão onde estão os adeptos", salientou.

Dias Ferreira, que também já desempenhou funções como comentador desportivo na defesa do Sporting, diz que esse tipo de programas "perderam razão de ser".

O sportinguista diz que falar com "uma certa calma não dá audiências".