Grande Futebol
Onze-ideal de uma seleção da Jugoslávia [1/12]
Diogo Cardoso Oliveira
2018-05-21 08:00:00
As opções seriam tantas e tão ricas – sobretudo divididas entre Sérvia e Croácia –, que lhe damos o titular e o suplente

Hoje, celebra-se o dia da independência de Montenegro. Em 2006, o resultado do referendo permitiu à nação dos Balcãs separar-se da Sérvia, apesar de os votos a favor terem sido pouco acima dos 50%.

Com isto, lembrámo-nos que uma seleção de uma Jugoslávia novamente unificada seria uma equipa dos diabos. Aliás, as opções seriam tantas e tão ricas – sobretudo divididas entre Sérvia e Croácia –, que lhe damos o titular e o suplente.

Menções honrosas ainda para Vucinic, de Montenegro, Berisha, do Kosovo, e Pandev e Bardhi, da Macedónia, que não têm “pedigree” para um onze destes, mas que, num plantel de 26/27 jogadores poderiam perfeitamente fazer uma perninha. Quanto à Liga Portuguesa, Fejsa e Zivkovic, do Benfica, poderiam ser opções, mas, por enquanto, têm gente à frente.

Sê o primeiro a comentar: