Portugal
"Há uma premeditação para impedir FC Porto campeão em detrimento do Benfica"
2020-03-09 09:25:00
Antiga glória dos azuis e brancos vê chegada de Amorim ao Sporting como eventual jogada de antecipação

António Oliveira, antiga glória do FC Porto, está preocupado com a realidade atual que enfrentam as contas dos azuis e brancos e coloca mesmo em causa a participação portista nas provas europeias por causa do fair-play financeiro.

"O FC Porto pode ser vítima do fair-play financeiro como foi o Manchester City. O FC Porto pode não ir às provas europeias", vaticinou António Oliveira, em declarações no programa 'Trio d'Ataque', da 'RTP 3'.

O ex-treinador portista vai mais longe e até olha para a contratação do mais recente treinador do Sporting como algo que poderá ser visto como uma tentativa de jogada na antecipação dos leões.

"Nem sei se o Amorim não foi contratado já a pensar nisso. O Amorim é uma joia mas sem contraste ainda", avisou.

António Oliveira crê que a aquisição de Amorim ao SC Braga poderá fazer parte de uma estratégia leonina para ficar com uma vaga nas provas de acesso à Liga dos Campeões, num eventual cenário de o FC Porto ser castigado.

"Pode acontecer esse cenário. Quem está na bola tem de saber isso, tem de recolher a maior informação possível".

No mesmo programa, António Oliveira aproveitou para falar sobre arbitragem e criticou o trabalho que vem sendo feito.

"São sempre os mesmos árbitros a fazer os mesmos jogos e os mesmos clubes. Há aqui um jogo de poder. Há uma premeditação para impedir que o FC Porto seja campeão em detrimento do Benfica", considerou o ex-treinador do FC Porto, na 'RTP3'.

"Há 30 anos também tivemos de saber passar a ponte", lembra António Oliveira, recordando uma célebre 'passagem' no capítulo psicológico que dava conta de que o FC Porto sempre que atravessava a ponte rumo a Lisboa já estava a perder.

Sobre arbitragem, Oliveira deixou clara a opinião que tem a respeito daquilo que vai vendo.

"Não digo que o FC Porto também não teve essa influência, hoje em dia é o Benfica que se consegue movimentar. O FC Porto tem sido altamente prejudicado".

No último jogo, os portistas viram um golo ser anulado por três centímetros e queixaram-se de uma grande penalidade não assinalada a seu favor.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, assumiu sobre esse lance que "ficou um penálti por marcar do tamanho da Torre dos Clérigos".

Apesar do empate, os portistas continuam na frente com a mesma vantagem já que o Benfica também não foi além de um empate no reduto do Vitória de Setúbal.