Prolongamento
Francisco J. Marques critica cobertura da RTP
2019-06-10 19:50:00
Diretor de comunicação do FC Porto comentou as comemorações do 10 de junho em Cabo Verde

Francisco J. Marques criticou esta segunda-feira a cobertura da RTP em Cabo Verde, nas comemorações do 10 de junho, Dia de Portugal, por uma repórter estar vestir uma camisola do Benfica enquanto visitava uma casa do clube naquele país. 

Através de uma série de publicações, o diretor de comunicação do FC Porto descreve o sucedido como uma "vergonha" e refere haver uma "crescente benfiquização do país". 

"No dia 10 de junho, no programa que assinala as comemorações diretamente de Cabo Verde, a RTP faz uma visita a uma casa do Benfica, põe um funcionário a dizer 'festa bonita, benfiquista, portuguesa e cabo-verdiana'. Isto é uma vergonha e alguém tem de parar esta deriva da RTP. O mesmo rapaz diz 'quero ouvir viva o Benfica', para depois despir a camisola para entregar ao presidente da casa, confessando ser uma oferta entregue pelo Benfica, o que ilustra que isto foi pensado, até pediram uma camisola ao clube querido. Foram cinco minutos de propaganda benfiquista que nem no tempo da outra senhora se fazia", pode ler-se. 

"A questão é muito simples, vamos continuar de braços cruzados perante esta crescente benfiquização do país? A RTP tem direção? A direção aprova estas coisas?", atira. 

A terminar, Francisco J. Marques atira a "bola" para "o lado de quem deve falar". 

"Tudo tem limites e mesmo que mais ninguém queira ver o FC Porto vai dizer que o rei vai nu. (...) A falta de vergonha não pode ser infinita. Isto para não falar da publicidade gratuita à Emirates e à Adidas, o que porventura adultera a concorrência", rematou. 

Participa na Liga NOS Virtual
RealFevr
Liga Bancada

Criar equipa