Portugal
"Estou a citar Bruno Lage: A partir de amanhã não serei o treinador do Benfica"
Redação
2020-06-29 20:25:00
Luís Filipe Vieira anuncia saída do treinador

O presidente do Benfica assumiu total responsabilidade pela não conquista do campeonato e anunciou a saída do treinador Bruno Lage.

"O nosso treinador dirigiu-se a mim, com grande elevação, e pôs o lugar à disposição. [Lage disse] não pela minha qualidade, mas porque não há condições, sinto que ninguém me quer aqui", começou por revelar Luís Filipe Vieira, na sala de imprensa.

"Estou a citar Bruno Lage, a partir de amanhã não serei o treinador do Benfica", anunciou o presidente.

O "desabafo" surgiu no final de uma intervenção em que o dirigente deu o campeonato como perdido e assumiu total responsabilidade.

"Tudo fizemos e tudo demos para sermos felizes este ano, não o fomos. Vou dizer algo que tem que ser dito, o único culpado sou eu, que sou o presidente do Benfica", afirmou.

Antecipando já a próxima campanha eleitoral, Vieira lembrou o trabalho feito desde que assumiu a liderança dos encarnados.

"Só foi possível chegarmos aqui porque tivemos serenidade. Para conquistarmos um bi estivemos 31 anos, para conquistar um tri estivemos 39 anos. Quem acabou com o Benfica em 2000 foram os benfiquistas. Se há aqueles que estão hoje a festejar, quero dizer que enquanto tenho estado no Benfica nunca verguei a nada. Espero tomar uma decisão quando chegar a Lisboa, ainda tenho de falar com a família. Não deixem o clube voltar ao passado, fazer o que fizemos ao longo destes 20 anos é mt difícil", concluiu.

Minutos após a declaração, Luís Filipe Vieira foi filmado pela Sport TV a caminhar pelo relvado enquanto falava ao telemóvel.

Bruno Lage, de 44 anos, levou os encarnados à conquista do título nacional em 2018/19 e esta época arrebatou a Supertaça, mas, nos últimos 13 jogos, apenas venceu dois, sendo eliminado da Liga Europa e comprometendo a revalidação do cetro.

O treinador natural de Setúbal, com contrato até 30 de junho de 2023, assumiu o cargo, “provisoriamente”, em 03 de janeiro de 2019, substituindo Rui Vitória, numa altura em que o Benfica era quarto na I Liga, a sete pontos da liderança.

No total, Bruno Lage somou 51 vitórias, 12 empates e 13 derrotas (181-76 em golos), em 76 jogos.