Portugal
"Dyego Sousa? Se eu fosse selecionável ficaria triste", diz Domingos
2019-03-25 12:30:00
Naturalização do avançado do Braga por opção de Fernando Santos

Domingos Paciência, antigo avançado internacional português, não se mostra magoado com a chamada do luso-brasileiro Dyego Sousa e explica que não é contra naturalização. No entanto, lembra como encararia a situação, se estivesse no ativo, nesta altura.

"É uma questão difícil de responder… Não sou contra os naturalizados, todos devem ter as suas oportunidades na vida", começou por revelar, em entrevista ao jornal 'A Bola'. Porém, socorre-se do exemplo de Ronaldo.

"Mas também é um orgulho sermos reconhecidos internacionalmente pelo facto de o Cristiano Ronaldo ser o melhor jogador do mundo", salientou, acrescentando: "Se eu fosse, neste momento, um jogador selecionável, ficaria triste pois é uma vaga que está a ser ocupada".

A naturalização de Dyego Sousa tem dado que falar. Rui Santos, comentador da 'SIC Notícias', falou na necessidade de FPF ter jogadores "bacteriologicamente puros" e o SOS Racismo decidiu avançar com queixa contra Rui Santos.

Dyego Sousa estreou-se com a camisola das quinas, na passada sexta-feira, em encontro diante da Ucrânia, no Estádio da Luz, na ronda de apuramento para o Campeonato da Europa de 2020.

O avançado do SC Braga foi lançado por Fernando Santos, aos 73 minutos, para o lugar de André Silva.

Sê o primeiro a comentar: