Portugal
Corta-mato escolar no estádio impede Santa Clara de preparar jogo com Benfica
Redação Bancada
2019-01-10 19:55:00
João Henriques denunciou situação insólita e lamentou os "obstáculos"

O Santa Clara, que amanhã recebe o Benfica, não conseguiu treinar ontem porque houve um corta-mato escolar no Estádio de São Miguel.

A situação foi denunciada pelo técnico dos insulares, João Henriques, que lamentou a "falta de meios" para preparar devidamente o confronto com os encarnados.

 "O estádio foi ocupado por um corta-mato escolar. O corta-mato foi à tarde e nós tínhamos treino de manhã, mas havia logística para se preparar e nós não pudemos treinar", revelou.

O treinador criticou o facto da equipa não poder "representar da melhor maneira possível" a Madeira "porque nos colocam estes obstáculos todos à frente".

No entanto, o Santa Clara mantém a ambição de roubar pontos a um grande, em especial depois das derrotas com Sporting e FC Porto.

"Esperamos que desta vez a exibição corresponda à conquista de pontos, não necessariamente por ser o Benfica, mas porque é mais um jogo em casa, onde nós precisamos de conquistar os pontos", lembrou João Henriques, referindo-se à réplica do Nacional diante de leões e dragões (perdeu ambos os jogos por 1-2).

Mesmo sem Rui Vitória, o Benfica "é sempre uma equipa forte", como demonstrou com a "exibição convincente" diante do Rio Ave.

Elogios que não retiram a ambição a João Henriques, que promete um Santa Clara virado para o ataque.

"Somos uma equipa que tem 26 golos no campeonato, que tem um futebol com os olhos sempre na baliza do adversário", lembrou: "Temos é que melhorar os aspetos defensivos, para que não haja tantos golos no nosso estádio".

Sê o primeiro a comentar: