Portugal
Bruno de Carvalho admite processar Varandas
2019-03-23 21:50:00
Em causa está uma alegada manipulação de informação relativamente ao protocolo com o Batuque

A assessoria jurídica de Bruno de Carvalho admite processar Frederico Varandas, presidente do Sporting, por ter manipulado informação relativa ao protocolo assinado entre os 'leões' e os cabo-verdianos do Batuque. 

De acordo com o comunicado dos advogados do antigo presidente leonino, citado pelo jornal Record, "a forma como Frederico Varandas apresentou o assunto, parece-nos, salve melhor opinião, também causadora de manipulação e consequentemente, uma forma para criar na opinião pública um sentimento errado, que consideramos ser caluniosa e difamatória". 

"Como tal", acrescentam, "iremos analisar detalhadamente a Conferência de Imprensa onde este assunto foi abordado e proceder às decisões jurídicas que considerarmos adequadas. O nosso constituinte aguardará, serenamente, pela conclusão da auditoria forense esperando que lhe seja dado conhecimento das suas conclusões, de forma a poder agir em conformidade, e no que respeita à calúnia e difamação irá atuar junto dos meios ao seu dispor para defesa da honra, dignidade, consideração e bom nome de cidadão", pode ler-se, 

A assessoria de Bruno de Carvalho garante que o ex-presidente do Sporting está disponível para sujeitar as contas bancárias a "nova verificação", na sequência das notícias sobre alegada apropriação de fundos, "para que não reste a ninguém a mínima dúvida de que nunca se apropriou de um cêntimo do clube ou da SAD - para além dos vencimentos ou prémios definidos".

É ainda descrito no documento que será aberto um processo em tribunal contra o jornal Correio da Manhã, tendo em conta a investigação do protocolo assinado entre os dois clubes. 

Sê o primeiro a comentar: